Início Noticias Universitária assume trabalho como garota de programa em outdoor

Universitária assume trabalho como garota de programa em outdoor

Por Reginaldo Spínola
0 Comentário
A atitude de uma universitária de
25 anos e proprietária de uma loja de roupas, em Vitória, tem chamado a atenção
e rendido comentários na internet. Ana Julia – nome fantasia adotado pela jovem
– trabalha como garota de programa e usou um outdoor na Terceira Ponte, que
liga a capital do Espírito Santo a Vila Velha, para divulgar o serviço de
acompanhante.

O anúncio leva os interessados ao
blog da moça, onde ela relata alguns dos encontros e conta um pouco do dia a
dia. “Pretendo dizer, sem papas na língua, o que todas têm vontade de dizer.
Quero mostrar o mundo de uma acompanhante. Além de fazer sexo, somos
inteligentes e articuladas, e que o nosso dinheiro não é fácil como muitos
pensam!”, diz, em uma das postagens. Segundo ela, a famosa Bruna Surfistinha
serviu de inspiração.

O anúncio foi colocado no local
há pouco tempo e surpreendeu muitas pessoas. No foto do outdoor, Ana Júlia
aparece deitada de bruços, vestida com a parte de baixo do biquíni e colete. A
propaganda leva as pessoas até o blog em que a jovem relata parte de sua rotina
e trabalho. Ela atua nesse ramo há dois anos e diz que a escolha profissional
foi uma decisão acertada. “Estava passando por aperto financeiro e decidi fazer
isso porque é bastante lucrativo. Já no primeiro mês de trabalho consegui
bastante dinheiro”, disse.
Opiniões
Nas redes sociais, o outdoor
dividiu opiniões. Em uma página do Facebook, usuários parabenizaram a jovem e
criticaram os ‘falsos moralistas’. “Propaganda é a alma do produto. Não vejo
diferença na sensualidade dela para as imagens de modelos de lingerie que
normalmente vemos nos outdoors. Qualquer recriminação é puro recalque”,
escreveu um usuário. Outros aproveitaram a ‘liberdade’ oferecida pela internet
e xingaram a moça. Mas, segundo o Ministério Público do Espírito Santo (MP-ES),
não há registro de nenhuma denúncia ou reclamação de moradores na Promotoria de
Vila Velha em relação ao anúncio.
Bem resolvida com a situação, ela
contou que a exposição causada pela divulgação no outdoor não é nenhum
problema. “A ideia surgiu porque eu já mostrava o meu rosto em sites de anúncio
de programas. Quem era próximo a mim já sabia o que eu fazia, então decidi
fazer um blog só meu. Já tinha muitos clientes, era bem conhecida, e coloquei o
anúncio para divulgar o meu trabalho”, contou. O resultado, pelo visto, foi até
melhor que o esperado. Hoje, a jovem recebe cerca de 500 ligações por dia.


Fonte: G1
Itambeagora@gmail.com
0 Comentário
0

mais Postagens interessantes

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site. Ao clicar em "aceitar" assumiremos que você concorda com o uso que fazemos dos cookies. Concordo Clique AQUI e tenha mais informações

Política de Privacidade