Início Noticias Empresário é morto a tiros em Macarani

Empresário é morto a tiros em Macarani

Por Reginaldo Spínola
A Polícia Civil de Macarani, no
Sudoeste do Estado, investiga autoria e motivação da morte de Jamacy José de
Almeida, de 72 anos, executado com um tiro no peito esquerdo, quando chegava em
casa, por 19h30 desta quarta-feira (13), no Bairro Ipanema. A bala atingiu o
peito esquerdo, na altura do coração, e saiu nas costas. 
O delegado titular do
município e também responsável pelas investigações do caso, Irineu Alves
Andrade, começou ouvir pessoas próximas a vítima nesta quinta-feira (14). O
objetivo e colher novas informações para ajudar nas investigações, localizar e
prender o ou os autores do crime.

O bairro onde o homicídio
aconteceu é novo, existem poucas casas e a iluminação é ruim. Apenas um morador
disse ter ouvido o tiro. A polícia espera poder contar com a comunidade, mesmo
que seja de forma anônima.
O crime:
Jamacy José de Almeida, “Jájá”,
natural de Nazeré, na Bahia, era um conhecido empresário do ramo de
restaurantes tanto em Macarani, onde morava atualmente, como no Extremo Sul do
Estado, onde começou. Na noite em que foi morto, ele havia acabado de chegar da
cidade de Vitória da Conquista e chegando á Macarani passou no restaurante para
deixar as compras. Posteriormente deixou o restaurante e em seu carro
importado, dizendo que iria pra casa tomar um banho, descansar.

Porém, ao chegar na frente da
casa e ao descer do veículo, “Jájá” foi assassinado com um tiro á queima-roupa.
Nada foi roubado, inclusive em poder da vítima existiam quase dois mil reais em
dinheiro e no interior da casa duas armas de fogo e nada foi mexido. A polícia
apura informações sobre o comportamento de “Jájá”, pois ele teria feito alguns
inimigos em Macarani e também no Extremo Sul do Estado, de onde veio. Como se
diz no verbo popular ele era um cidadão que “batia de frente”, inclusive, no
momento em que foi abordado pode ter reagido. O criminoso foi pra roubar ou
matar? A polícia não descarta nenhuma das hipóteses e investiga cautelosamente
o caso.
(Itapetinga Repórter)
Itambeagora@gmail.com

mais Postagens interessantes

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site. Ao clicar em "aceitar" assumiremos que você concorda com o uso que fazemos dos cookies. Concordo Clique AQUI e tenha mais informações

Política de Privacidade