Início Noticias Durante discurso, vereador propõe ‘botar os homossexuais em uma ilha por 50 anos’

Durante discurso, vereador propõe ‘botar os homossexuais em uma ilha por 50 anos’

Por Reginaldo Spínola
1 Comentário
O vereador de Dourados (MS)
Sérgio Nogueira (PSB) afirmou durante discurso na tribuna da Câmara Municipal
da cidade, que os homossexuais deveriam ser enviados a uma ilha por 50 anos,
para ilustrar o que considera um meio de comprovar a inviabilidade dos núcleos
familiares, compostos por pessoas do mesmo sexo. “Não podemos passar a ideia de
que o anormal é normal. Bota as pessoas que pensam assim numa ilha por 50 anos.
Coloca essas pessoas numa ilha e depois de 50 anos volta para ver; não vai ter
mais ninguém”, afirmou nesta segunda-feira (15).

De acordo com o parlamentar Alan
Guedes (DEM), a fala foi uma metáfora, motivada por seminários contra a
homofobia que a Secretaria Municipal de Assistência Social organiza para
Dourados. Nogueira, que também é pastor evangélico, teria sido convidado para o
evento. “Para esse governo a família tem que ser desconstruída no seu padrão
normal para dar lugar a outros conceitos de família. Isso vem rasgar nossa
Constituição ao meio, dizer que família é qualquer coisa” ressaltou Nogueira,
ao culpar o governo federal por atuar em uma suposta “desconstrução da família
brasileira”.
Ele ainda chamou representantes
da igreja católica para unirem forças contra “a prática do homossexualismo
condenada nas escrituras sagradas”. A reportagem tentou contato com o
parlamentar, mas sem sucesso.
Bahia Notícias


Itambeagora@gmail.com
1 Comentário
0

1 Comentário

Anônimo 17 de setembro de 2014 - 00:19

façam a experiência!

Comentários estão fechados.

mais Postagens interessantes

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site. Ao clicar em "aceitar" assumiremos que você concorda com o uso que fazemos dos cookies. Concordo Clique AQUI e tenha mais informações

Política de Privacidade