Início Noticias MEC defende que reprovação em uma ou duas matérias não deve levar aluno a repetir de ano

MEC defende que reprovação em uma ou duas matérias não deve levar aluno a repetir de ano

Por Reginaldo Spínola
2 Comentários
Nesta terça-feira (02), segundo
anúncio feito pelo ministro da Educação, Henrique Paim, será lançada ainda
neste ano a primeira audiência pública para discutir mudanças na grade
curricular do ensino médio. A proposta está em elaboração e deve ser discutida
com as redes de ensino de todo o país.
Para o ministro, alterar a grade
é fundamental para atacar o problema da evasão escolar. Além disso, segundo
Paim, é preciso haver maior flexibilidade do currículo, de modo que o estudante
não precise repetir o ano toda a vez que é reprovado em uma ou duas
disciplinas.

De acordo com o ministro, o
acesso à profissionalização passou de 3% para 10%, mas a taxa ainda está bem
abaixo da de outros países, como a Alemanha, cujo percentual é 55%. Henrique
Paim destacou ainda que o número de vagas nas universidades brasileiras praticamente
triplicou em relação às oportunidades criadas por meio do Exame Nacional do
Ensino Médio (Enem) e que o Fundo de Financiamento Estudantil(Fies) reúne uma
demanda de  1,6 milhão de contratos.
Infoescola

Itambeagora@gmail.com
2 Comentários
0

2 Comentários

Anônimo 3 de setembro de 2014 - 09:52

São absurdos como este Reginaldo,que colocaram recentemente o Brasil como penúltimo colocado no ranking mundial de educação realizado pela E.I.U. e referendado pela O.C.D.E.
Segundo um renomado filosofo francês que recentemente escreveu um livro de nome sugestivo MAQUIAVEL PEDAGOGO a educação no Brasil se transformou numa enorme militância partidária onde os principais atores só olham seus interesses pessoais, e políticos .E na Bahia o quadro educacional é uma afronta ao legado do grande educador e criador da revolucionaria Escola Parque ANÍSIO TEIXEIRA,afinal de contas temos hoje o maior numero de analfabetos do país e tanto faz elegermos CHICO ou FRANCISCO a situação não vai mudar, pois os nossos Mestres políticos só se especializaram em MAQUIAVEL e sua estratégias sociais.

Anônimo 4 de setembro de 2014 - 18:07

concordo.

Comentários estão fechados.

mais Postagens interessantes

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site. Ao clicar em "aceitar" assumiremos que você concorda com o uso que fazemos dos cookies. Concordo Clique AQUI e tenha mais informações

Política de Privacidade