Início Noticias Dupla suspeita de matar padre é presa no interior do estado

Dupla suspeita de matar padre é presa no interior do estado

Por Reginaldo Spínola
0 Comentário
Dois homens suspeitos de
envolvimento na morte do padre Francisco Carlos de Souza, encontrado morto no
bairro de Stella Maris, em Salvador, foram presos na sexta-feira (10) na cidade
de Igrapiúna. As informações são da 33ª Companhia Independente da Polícia
Militar (Valença), publicadas no portal de notícias G1.

De acordo com o coronel Santiago,
os suspeitos, identificados como Robson de Souza Oliveira, 26, conhecido como
“Tito”, e André Ferreira do Amaral, 28, o “Andrezinho”, foram localizados em
uma pousada após denúncia de populares. “Eles foram presos por policiais da 33ª
CIPM e confessaram envolvimento no homicídio. Além disso, também indicaram onde
estava o carro do padre. O veículo, modelo Fox, foi encontrado queimado numa
localidade conhecida como Orojó, em Igrapiúna”, disse o coronel, em entrevista
ao G1.
Os suspeitos foram levados para a
delegacia de polícia de Valença e devem ser transferidos, neste sábado (11),
para a o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), em Salvador.
Uma terceira pessoa envolvida no homicídio está foragida, segundo informou a
Polícia Militar.
O delegado Marcelo Sansão, que
atua no DHPP, já havia informado, na terça-feira (7), que o padre foi
assassinado por dois homens. “A gente tem a citação por informação de
terceiros, de que a vítima teria sido perseguida, gritado por socorro, quando
um dos autores o alcança, o segura, e o outro [segundo comparsa] vem e o
golpeia”, detalhou.
Conforme Sansão, o primeiro golpe
desferido pelos criminosos atingiu as costas da vítima, que depois foi
arrastada para um local mais escondido, onde foi atingida por mais 17 golpes.
“Eu trabalho, atualmente, com 90% da hipótese da questão de homicídio, até pela
forma, pela violência, pelo instrumento utilizado no crime e pelo local”,
disse.
Para o delegado, a escolha do
local do crime pode ter sido feita previamente pelos criminosos. “Acredito que
o local tenha sido premeditado, estudado pelos autores da prática”, informou
sobre as características do espaço onde a vítima foi encontrada, normalmente
deserto aos domingos.
Informações: G1

Itambeagora@gmail.com
0 Comentário
0

mais Postagens interessantes

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site. Ao clicar em "aceitar" assumiremos que você concorda com o uso que fazemos dos cookies. Concordo Clique AQUI e tenha mais informações

Política de Privacidade