Início Noticias ‘Morre com dignidade’, diz policial a garoto agonizando, após acidente em perseguição; veja o vídeo

‘Morre com dignidade’, diz policial a garoto agonizando, após acidente em perseguição; veja o vídeo

Por Reginaldo Spínola
0 Comentário
Cinco adolescentes morreram em
acidente após perseguição em Planaltina. Corporação apura se fala é de PM do DF
ou de policial de outra corporação.
Familiares dos cinco adolescentes
de Brasília mortos em um acidente após perseguição policial durante o carnaval
fecharam a BR-020 na altura de Planaltina na manhã desta quinta-feira (19) para
denunciar suposta omissão de socorro.

                 

Os garotos ocupavam um carro com
placa clonada e desobedeceram a ordem de parada de uma equipe da PM. Vídeos
mostram membros da corporação debochando de duas vítimas que agonizavam no
asfalto. Homens que não aparecem no vídeo chegam a falar:
“Chora não”, “você não rouba,
c******? Você não rouba, desgraça?”, “assume o papel de homem” e “morre com
dignidade” (sic)
. Por e-mail, a Polícia Militar informou ao G1 que abriu
investigação para saber se a fala é de PMs do DF ou de policiais de outra
corporação – a perseguição, diz, contou também com policiais de Goiás e
rodoviários. “Todo policial é formado para servir e proteger a sociedade, como
sempre fizemos. Este tipo de atitude isolada que denigre a imagem da corporação
não será aceita”, declarou em nota a PM do Distrito Federal.
A PM de Goiás disse também estar
apurando o caso. “[A imagem] não nos permite dar informações conclusivas, uma
vez que mostram apenas um dos momentos da ocorrência, não fazendo alusão às
circunstâncias anteriores ou posteriores, de um acompanhamento policial que
iniciou no Distrito Federal.
As imagens estão sendo
analisadas, para identificar a participação de policiais militares do estado de
Goiás que, porventura, tenham apoiado as equipes da PMDF no momento do
acidente.” Em nota, a PRF negou que tenha participado da perseguição e disse
que acionou socorro para as vítimas. “Quando os PRFs chegaram ao local do
acidente, já havia bombeiros resgatando a vítima sobrevivente”, dissse. Em um
determinado momento da gravação, um policial, que não aparece no vídeo, ilumina
com uma lanterna um dos jovens agonizando no chão e diz: “Olha, moço, o tamanho
dessa carniça”.
O promotor de Justiça Nísio Tostes disse que está analisando as
imagens e vai estudar quais procedimentos serão adotados.
O acidente
O acidente aconteceu na madrugada
de domingo. A equipe da PM tentou abordar o carro em que estavam os jovens, com
idades entre 12 e 18 anos, na entrada de Planaltina. O motorista tinha 17 anos.
Ele se recusou a parar e acabou colidindo com outro veículo na entrada de
Formosa, no Entorno do DF. Três garotos morreram na hora, incluindo o condutor.
Policiais teriam tirado as vítimas do carro e as colocado no chão.
Pai do menino de 12 anos que
aparece agonizando nas imagens, o pedreiro José Cícero Ferreira, de 44 anos, se
disse “chocado” com as filmagens. “Estava viajando e quando soube da notícia
voltei correndo. Eles mataram uma criança. Eles tinham que ter socorrido o meu
filho. Na hora em que eles bateram, os policiais tiraram os meninos do carro e
jogaram no chão. Meu filho estava pedindo socorro e não ajudaram. Tenho certeza
que os policias têm filhos. Não acredito que conseguiram fazer isso com o meu.
A gente não quer briga, só queremos paz e justiça.” Pai do menino que dirigia o
carro, o motoboy Raimundo Ribeiro, de 41 anos, criticou a ação policial. “Meu
filho trabalhava e estudava à noite, nunca teve passagem [pela polícia].
Queremos justiça para que policiais nunca mais façam isso com os outros”,
afirmou.

G1

Itambeagora@gmail.com
0 Comentário
0

mais Postagens interessantes

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site. Ao clicar em "aceitar" assumiremos que você concorda com o uso que fazemos dos cookies. Concordo Clique AQUI e tenha mais informações

Política de Privacidade