Início Noticias Bebê cai do 2º andar de casa dentro de piscina e é salva por policial no ES

Bebê cai do 2º andar de casa dentro de piscina e é salva por policial no ES

Por Reginaldo Spínola
Policiais militares conseguiram
salvar uma criança de um ano, que se afogou após cair do segundo andar da casa
que mora dentro de uma piscina, no bairro Barramares, em Vila Velha, na Grande
Vitória, nesta terça-feira (14). Foi o soldado Cerqueira quem realizou os
procedimentos de salvamento, como massagem respiratória e respiração
cardiopulmonar. Ágata Soares da Silva foi levada para um hospital particular do
município e está internada em estado estável.
O soldado contou que estava
fazendo uma patrulha no bairro, junto com outros policiais, quando os pais da
criança e vizinhos começaram a gritar na rua para que eles ajudassem a
socorrer.
“Começaram a gritar que a
menina tinha caído do segundo andar, mas quando cheguei na casa, vi que tratava
de um afogamento. Como já fui guarda-vidas, sabia como proceder, pois fiz
curso. Ela estava com roxidão na boca, o que indicava grau dois ou três de
afogamento. Graças a Deus, com os procedimentos, ela conseguiu voltar a
si”, falou o policial.
Assim que Ágata recobrou a
consciência, foi levada pelos policiais para o hospital. “Resolvemos não
esperar por Samu e nem bombeiros, assim que ela voltou quase ao estado normal,
já corremos com ela para o hospital. Ficamos com medo de que ela voltasse a ter
uma parada cardiorespiratória, o que poderia ocorrer”, contou o soldado
Cerqueira.
A menina foi levada para o
Hospital Santa Mônica, em Vila Velha, onde foi entubada e segue internada em
estado estável. Como a equipe que estava com o soldado realizou o resgate, irá
permanecer na unidade de saúde durante todo o tempo que ela ficar no local.
O acidente
De acordo com relatos dos pais
aos policiais, no momento do acidente a mãe e o pai estavam na sala da casa e
Ágata acabou passando por um portão na cozinha, no segundo andar, caindo na
piscina.
“A mãe não soube dizer se o
portão já estava aberto, mas quando ela deu falta da criança, começou a
procurar e viu o local aberto. Ela olhou na piscina e viu a menina desacordada.
Ela acredita que o bebê ficou cerca de quatro minutos na piscina”, disse
Cerqueira.As distribuidoras não lucram com a revenda de energia fornecida pelos
geradores (usinas), mas sim com o serviço de levá-la até os consumidores.
Entretanto, podem repassar para as tarifas todo o custo com a compra dessa
energia.

Itambeagora@gmail.com

mais Postagens interessantes

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site. Ao clicar em "aceitar" assumiremos que você concorda com o uso que fazemos dos cookies. Concordo Clique AQUI e tenha mais informações

Política de Privacidade