Início Noticias Jovem de 20 anos executado com vários tiros de pistola em Itapetinga

Jovem de 20 anos executado com vários tiros de pistola em Itapetinga

Por Reginaldo Spínola
A Polícia Civil de Itapetinga
registrou o primeiro homicídio de junho e o 15º do ano (de fevereiro a
junho/2015). O crime aconteceu na Avenida das Indústrias, no cruzamento com a
Travessa 07, na Nova Itapetinga. A vítima foi identificada pelo nome de Jelvane
de Jesus Santana, 20 anos, natural de Barra do Rocha-BA, morador da Travessa
das Indústrias, nº 72, Bairro Nova Itapetinga, que foi executado com vários
disparos de arma de fogo.
Pelo menos vinte e sete disparos
de pistola foram contabilizados no local, algumas residências foram alvejadas e
a vítima teve o corpo crivado de balas.
Uma cena violenta que chocou a
população do bairro mais populoso da cidade (Nova Itapetinga). O corpo do jovem
estava na via pública coberto de sangue. Havia marca de tiro em toda parte do
corpo, principalmente na cabeça. O local onde o corpo caiu ficou uma poça de
sangue.
Informações preliminares dão
conta de que a vítima estava retornando da casa da namorada para sua residência
no referido bairro, quando foi executada a sangue frio, pois os atiradores
chegaram supostamente por um terreno baldio que margeia o sítio do saudoso Dr.
Arnaldo Teixeira, que fica em frente a Travessa 7, e abriram fogo em Jeovane,
de 20 anos de idade.
Peritos do DPT de Itapetinga
recolheram no local do crime, 27 cápsulas (estojo) de 9.0 mm, indicativo que a
(s) arma (s) utilizada (s) na execução tenha (m) sido pistola 9.0 mm.
De acordo com moradores da
localidade, os estampidos pareceriam de metralhadora, pois eram disparos
sequenciais. Muita gente fecharam suas portas e janelas com medo de bala
perdida, outras arriscaram a própria vida, ao acompanhar mesmo a certa
distância o que estava acontecendo.
Uma guarnição do PETO da 8ª CIPM
foi acionada e esteve no local aguardando a chegada da PC e do DPT. Uma equipe
da Delegacia Territorial de Itapetinga – composta pelos investigadores Valdinei
Ribeiro, José Paulo Cirqueira e o escrivão de polícia Antônio Carlos (TUCA) se
dirigiu ao local do crime acompanhada de peritos do DPT para procederem com
levantamento cadavérico.
De acordo com o escrivão
plantonista do dia, Antônio Carlos Gomes (Tuca), a vítima não tem registro da
DT de Itapetinga. A Divisão de Homicídios da DT de Itapetinga já assumiu as
investigações e trabalha agora para definir autoria e motivação do crime.
Itapetinga na Mídia

Itambeagora@gmail.com
0 Comentário

Related Articles

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site. Ao clicar em "aceitar" assumiremos que você concorda com o uso que fazemos dos cookies. Concordo Clique AQUI e tenha mais informações

Política de Privacidade