Início Noticias Absurdo: Menina de 12 anos acusa padrasto de abuso, mas mãe diz que foi consensual

Absurdo: Menina de 12 anos acusa padrasto de abuso, mas mãe diz que foi consensual

Por Reginaldo Spínola
0 Comentário
Um homem foi preso, na tarde
deste domingo (30), acusado de abusar sexualmente da enteada de 12 anos, no
município de Juazeiro, localizado a cerca de 500 km de Salvador. De acordo com
informações da 75ª CIPM (Companhia Independente de Polícia Militar) da região,
a mãe da menina negou as afirmações e disse que as relações tinham sido
consensuais.
Ainda segundo informações da
CIPM, os policiais receberam uma denúncia de que um homem estava ameaçando uma
menor com um facão. Ao chegarem ao local, os militares localizaram a menina de
iniciais V.S., que dizia que o homem que eles estavam procurando era seu
padrasto e ela estava fugindo de casa por causa dele, afirmando que tinha
acabado de ser abusada sexualmente, e que os abusos vinham acontecendo desde
quando ela tinha cinco anos.
A menina acompanhou os policiais
até a Vila Sapo, onde seu padrasto identificado como Ailton Pereira reside. Ele
foi encontrado com um facão e estava acompanhado da mãe da vítima, Maria de
Fátima da Silva Rodrigues. Ainda segundo a CIPM, a genitora da vítima, em tom
de deboche, negou as afirmações da filha e disse que as relações tinham sido
consensuais, apesar de a garota estar apresentando marcas de violência pelo
corpo.

Os três foram encaminhados à
Depol (Departamento de Polícia) de Juazeiro. R7/Imagens ilustrativas
Itambeagora@gmail.com
0 Comentário

Related Articles

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site. Ao clicar em "aceitar" assumiremos que você concorda com o uso que fazemos dos cookies. Concordo Clique AQUI e tenha mais informações

Política de Privacidade