Início Noticias Bahia registra mais de 2 mil novos casos de câncer de mama por ano

Bahia registra mais de 2 mil novos casos de câncer de mama por ano

Por Reginaldo Spínola
O Instituto Nacional de Câncer
(INCA) estima que sejam diagnosticados mais de 57 mil novos casos de câncer de
mama no Brasil, com 10,5 mil no Nordeste e 2.560 na Bahia. No Estado, em 2010,
a taxa de mortalidade era de quase 16 para cada 100 mil mulheres entre 30 e 69
anos por conta da doença, quando a média era de 16,8 para o Nordeste, como
mostram os mais recentes dados da Síntese de Indicadores Sociais do Instituto
Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

A oncologista do Instituto de
Oncologia AMO/Hospital da Bahia, Vanessa Dybal, explica que alguns fatores de
risco favorecem o aparecimento da doença, como exposição excessiva a hormônios
femininos, tabagismo, falta de atividade física e obesidade. “Menos de 10% dos
tumores malignos da mama são de causa hereditária ou genética e, em relação a
fatores alimentares, não foi comprovadamente relacionado como fator causal da
doença, acrescenta.

O sintoma mais comum de câncer de
mama é o aparecimento de nódulo duro e, em regra, indolor, embora a oncologista
cite outros que sinalizem a necessidade de se buscar um mastologista como, por
exemplo, a retração da pele ou a não movimentação de determinada parte da mama
ao se elevar os braços, vermelhidão ou inchaço da mama que não melhoram após
tratamento de causas infecciosas e saída de secreção ou feridas nos mamilos.
Outubro Rosa
Em referência a campanha mundial
de combate ao câncer de mama, denominada de Outubro Rosa, o Hospital da Bahia,
através do seu Instituto de Oncologia, vai promover um bate-papo entre a
comunidade, médicos e profissionais da saúde no dia 17 de outubro, a partir das
8 horas, na Praça Aquarius, na Pituba.

O evento contará com stands que
oferecerão serviços gratuitos de aferição de pressão arterial, teste de
glicemia e orientações nutricionais. O público ainda terá acesso a mamógrafo
móvel e a mamamiga, método didático usado para auxiliar no diagnóstico do
câncer de mama em sua fase inicial. A mamamiga tem como principal objetivo
estimular a prática do autoexame de mamas.
Itambeagora@gmail.com
2 Comentários

Related Articles

2 Comentários

Anônimo 29 de setembro de 2015 - 18:08

Errei ao invés de SEMAS é secretaria de saúde SEMAS é de assistência social

Anônimo 29 de setembro de 2015 - 09:51

De que adianta no mês de outubro se vestir de rosa fazer passeata parar até os serviços da SEMAS se quando uma mulher precisar vcs vão dizer que só tem uma vaga por mês e olhe lá menos teoria e mais prática é o que estamos precisando

Comentários estão fechados.

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site. Ao clicar em "aceitar" assumiremos que você concorda com o uso que fazemos dos cookies. Concordo Clique AQUI e tenha mais informações

Política de Privacidade