Início Noticias Colisão na BR 116 mata dois e deixa um gravemente ferido na Bahia

Colisão na BR 116 mata dois e deixa um gravemente ferido na Bahia

Por Reginaldo Spínola
Colisão entre dois caminhões que
trafegavam em sentido contrário pela rodovia Santos Dumont (BR 116/Norte) deixa
dois mortos e um gravemente ferido. O acidente aconteceu perto da localidade
Cai Duro, em território euclidense, distante acerca de 18 km da sede. De acordo
com informações colhidas, a colisão ocorreu por volta das 6h deste sábado.
As causas do acidente são
desconhecidas, sabe-se apenas que os dois veículos colidiram frontalmente e
tombaram na rodovia federal. Com o impacto, os dois veículos ficaram
destruídos, principalmente as cabines que ficaram amassadas e compactadas em
tamanhos bem reduzidos, com seus respectivos condutores mortos presos às
ferragens. O caminhão-baú licenciado de Araguaiana/TO, estava carregado de
camarão e trafegava sentido Sul. Toda a carga do crustáceo ficou espalhada na
pista de rolamento e na margem da rodovia federal, onde foi parar capotado,
inclusive.
No sentido Norte trafegava a
carreta-tanque licenciado em Marataízes/ES, transportando dois tanques de
etanol. Durante o acidente, um dos tanques se soltou da estrutura bi-trem do
veículo e tombou lateralmente, ficando com a parte traseira sobre a pista de
rolamento, vazando combustível por uma das tampas. E foi devido ao vazamento do
líquido inflamável e consequente risco de exposição que uma equipe PRF (Polícia
Rodoviária Federal), que esteve no local, estudava a possibilidade de fechar a
rodovia, devido ao iminente risco de explosão, por volta das 10h.
Ainda no período da manhã uma
equipe do Departamento de Polícia Técnica de Euclides da Cunha-BA foi ao local
e resgatou apenas um dos corpos presos às ferragens. Um homem identificado pelo
prenome Adolfo foi retirado das ferragens do caminhão-baú e encaminhado do IML
(Instituto Médico Legal) de Euclides da Cunha.
Mais cedo, após a colisão, uma vítima foi resgatada com vida
e encaminhada ao Hospital Municipal ACM, em Euclides da Cunha. A remoção do
corpo do motorista da carreta carregada de etanol demorou, devido ao risco de
incêndio.  [Fotos: Portal Euclidense]
Itambeagora@gmail.com
0 Comentário

Related Articles

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site. Ao clicar em "aceitar" assumiremos que você concorda com o uso que fazemos dos cookies. Aceitar

Política de privacidade e cookies