Início Noticias Itapetinga: Vendedor ambulante de 58 anos é condenado a 18 anos de prisão por estupro de vulnerável

Itapetinga: Vendedor ambulante de 58 anos é condenado a 18 anos de prisão por estupro de vulnerável

Por Reginaldo Spínola
Preso desde o dia 13/03/15, sob a
acusação de “estupro de vulnerável”, Carlito Pereira Santos, conhecido no ramo
comercial como “Carlitão do CD”, 58 anos, residente na Travessa Monteiro
Lobato, Centro, aguardava com expectativa o resultado da sentença condenatória,
pois já havia tido uma audiência de instrução do processo.
O resultado saiu nesta semana,
numa sentença prolatada pela Meritíssima Juíza Titular da Vara Crime desta
Comarca, Dra. Mirna Fraga Souza de Faria. Carlito foi julgado e considerado
culpado pelo crime de “estupro de vulnerável”.
A Prisão: A prisão de Carlito
Pereira (Carlitão do CD) sem deu na manhã do dia 13 de março do ano em curso,
quando a Polícia Militar recebeu uma denúncia de populares dando conta de que
duas garotas de 10 e 11 anos, estavam tentando escapar da casa de Carlito pelo
telhado, pois tinham dormido na dita residência na companhia do comerciante e
de sua namorada.
Carlito Pereira Santos tinha
saído cedo para instalar seu comércio na Praça da Bíblia, onde comercializava
CDs e DVDs piratas. As meninas foram resgatadas pela Polícia Militar, após
conduzir Carlito até sua residência para abrir a porta, a fim de que as meninas
saíssem.
Na Delegacia Territorial de
Itapetinga, as meninas revelaram ao delegado Dr. Irineu Andrade, que passaram a
noite na casa de Carlito juntamente com a namorada dele. Que durante a noite,
assistiram filmes de conteúdo pornográfico, bem como foram obrigadas a ficar
apenas de roupas íntimas e que Carlito teria praticado atos libidinosos, além
de tocar em seus corpos na presença da suposta namorada. Diante da revelação, o
delegado Dr. Irineu adotou os procedimentos de praxe, ouviu os policiais
militares que resgataram as vítimas, as quais também foram interrogadas acerca
do crime, expediu Guia a fim de que as menores se submetessem a exame
específico.
Dr. Irineu Andrade lavrou o Auto
de Prisão em Flagrante de Carlito Pereira, pela prática do crime de “estupro de
vulnerável e comunicou a sua prisão às autoridades (Vara Crime e Ministério
Público).
Condenação: Esta semana, saiu a
prolação da sentença condenatória. Carlito Pereira Santos foi condenado a uma
pena de 18 anos de reclusão em regime fechado. Carlito está preso há quase seis
(06) meses e posteriormente será recambiado ao Conjunto Penal de Jequié, para
cumprimento de pena. Itapetinga na Mídia
Itambeagora@gmail.com
0 Comentário

Related Articles

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site. Ao clicar em "aceitar" assumiremos que você concorda com o uso que fazemos dos cookies. Aceitar

Política de privacidade e cookies