Início Noticias Gestante dá luz a bebê na recepção do hospital na Bahia

Gestante dá luz a bebê na recepção do hospital na Bahia

Por Reginaldo Spínola
O caso de uma gestante que estava
na recepção do Hospital Português – Unidade Municipal de Conceição do Coité
aguardando o atendimento quando se encontrava em trabalho de parto chamou a
atenção de dezenas de pessoas que estavam na unidade de saúde e em poucos
minutos depois já havia se espalhado nas redes sociais fotografias e vídeos do
momento que a mulher não segurou mais o bebê deitou-se ao lado das cadeiras da
recepção e ali mesmo deu a luz.
Segundo informações de
testemunhas, a mesma chegou acompanhado do esposo por volta das 09h30 e ouviu
da recepção que naquele momento não havia médico, pois, o plantonista anterior
havia saindo antes de sua chegada, só que, o que estava para assumir ainda não
tinha chegado.
Informações dão conta que a
gestante iniciou o processo de parto e as enfermeiras foram chamadas, ao
chegarem o bebê do já tinha nascido. Mãe e bebe (não foi informado o sexo)
foram levados para o apartamento onde foi concluído os serviços de parto.
O Calila Noticias esteve no
hospital em busca de informações sobre o caso, não conseguiu de maneira
oficial, que deverá ser passada posteriormente. A informação colhida por nossa
equipe dar conta que a mãe é moradora de Ichu município distante 27 km de
Coité, por lá ela fez todo acompanhamento de pré-natal e que no último sábado
esteve no HP, foi avaliada e liberada para voltar pra casa ciente que poderia
dá à luz nos próximos dias, a mesma tem a mãe que mora em Coité e ficou na casa
dela, justamente para aguardar esse momento.
O CN também buscou informações da
Secretária de Saúde para saber como recebeu essa informação e que medida está
tomando para justificar o caso. Em contato com o secretário Leonardo
Mascarenhas ele informou que tão logo tomou conhecimento entrou em contato com
a direção do hospital que ficou de divulgar um relatório sobre a situação.
Mascarenhas lamentou a falta de um médico no momento, mas, ao mesmo tempo disse
que as coisas podem acontecer no momento da troca de plantão como aconteceu.
O secretário disse que falhas
existem e são bem exploradas negativamente pelas pessoas principalmente nas
redes sociais – “muitas vezes aumentando para criar situação de desconforto,
mas ninguém circula informação que este hospital atende cerca de oitenta
gestantes coiteense por mês, pelo menos outras quarenta de cidades vizinhas e a
primeira vez que acontece um episódio desse”. Concluiu o Secretário.
(Informações e fotos: Calila Notícias)
Itambeagora@gmail.com

mais Postagens interessantes

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site. Ao clicar em "aceitar" assumiremos que você concorda com o uso que fazemos dos cookies. Concordo Clique AQUI e tenha mais informações

Política de Privacidade