Início Noticias Itambé: Idosas denunciam matança de gatos de forma cruel

Itambé: Idosas denunciam matança de gatos de forma cruel

Por Reginaldo Spínola

gatos-mortos-2

As irmãs Marialva e Maria do Carmo Paiva, ambos idosas contataram o Blog Itambé Agora para denunciarem a matança de seus gatos, que vem acontecendo desde o ano de 2014.

gatos-mortos-3

A forma que os bichos estão sendo executados é sempre a mesma, por envenenamento. Somente entre os dias de quinta-feira (28) e sexta, seis gatos foram encontrados mortos no quintal da residência das idosas, localizada na Rua Edvaldo Flores, Centro, próximo a Praça Osório Ferraz. Segundo dona Marialva, mais 4 gatos estão desaparecidos, provavelmente mortos também. Não se sabe qual substância os gatos ingeriram. O fato é que até mesmo os urubus que devoraram a carniça destes animais, dois morreram no local, ao lado dos gatos.

gatos-mortos-1

As irmãs herdaram dos pais a paixão por bichos de estimação e, desde criança convivem com animais, em maioria, gatos. Atualmente elas criavam, com muito carinho 23 gatos, a maioria da raça siamês.  As idosas contaram que estão sofrendo com a crueldade que estão fazendo com sua criação. Elas contam que os bichos são criados com muito cuidado e alimentação farta. Eles vivem entre um espaço reservado dentro de casa e o quintal. Elas contam ainda, que alguns gatos passam de um quintal para outro de vizinhos, mas, não causam nenhum problema, pois, são bem alimentados.

Dona Marialva, em prantos informou que a matança começou no ano de 2014, e, desde então, 17 gatos já foram mortos. Nesse período, já foram registrados dois boletins de ocorrência da Delegacia e a matança não parou. “Eles não fazem mal a ninguém”, disse dona Marialva, que espera por justiça.

Itambeagora@gmail.com
1 Comentário

Related Articles

1 Comentário

Catarina 30 de outubro de 2016 - 11:53

Tem que matar essas pessoas que tá fazendo isso com os bichinhos em inocente não faz mal a ninguém..

Resposta

Deixe um comentário

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site. Ao clicar em "aceitar" assumiremos que você concorda com o uso que fazemos dos cookies. Aceitar

Política de privacidade e cookies