Início Brasil Analista de sistemas é o atirador da catedral de Campinas; Câmera registrou ação criminosa. Assista;

Analista de sistemas é o atirador da catedral de Campinas; Câmera registrou ação criminosa. Assista;

Por Reginaldo Spínola

 

O atirador que entrou na Catedral Metropolitana de Campinas, no interior paulista, e atirou contra oito pessoas que estavam rezando no local por volta das 13 horas desta terça-feira, 11, foi identificado como Euler Fernando Grandolpho. Segundo o delegado José Henrique Ventura, diretor do Departamento de Polícia Judiciária São Paulo Interior 2 (Deinter 2), Grandolpho, de 49 anos, era de Valinhos, também no interior de São Paulo, e não tinha antecedentes criminais. “A profissão dele, ao que parece, era analista de sistemas”, disse em entrevista coletiva na tarde desta terça. “Com a identificação, vamos investigar agora a motivação do crime.”

Quatro pessoas morreram e as outras foram socorridas. Segundo a polícia, agentes entraram na igreja e dispararam contra o homem. Ele, então, teria caído no chão e se matado em seguida.

Houve uma missa na catedral às 12h15. As imagens das câmeras de monitoramento da igreja mostram o homem sentando nos fundos e analisando o ambiente. Depois de algum tempo, ele se levanta e passou a disparar contra os fiéis que estavam na catedral com uma pistola calibre .40mm e um revólver calibre .38mm. O atirador, que estava sem documentos, tinha ainda dois carregadores. As cenas são fortes, assista:

As vítimas, diz Caviola, são três homens e uma mulher, cujas identidades não haviam sido divulgadas até as 16 horas desta terça. O delegado informou que haverá um trabalho de perícia técnica dentro da igreja.

Depois, os corpos serão liberados ao Instituto Médico Legal (IML) de Campinas, para identificação dos que não tiverem documentos.

Estado de Minas

Related Articles

Deixe um comentário