Início Brasil Tragédia: Incêndio no CT do Flamengo deixa 10 mortos. Todos eram atletas da base

Tragédia: Incêndio no CT do Flamengo deixa 10 mortos. Todos eram atletas da base

Por Reginaldo Spínola

 

 

Dez pessoas, entre atletas da base e funcionários, morreram em um incêndio no Centro de Treinamento do Flamengo no início da manhã desta sexta-feira (8). O fogo destruiu parte dos alojamentos do Ninho do Urubu, em Vargem Grande, Zona Oeste do Rio.

As chamas atingiram as instalações onde dormiam jogadores entre 14 e 17 anos que não residiam no Rio. A suspeita é que um curto-circuito em um ar-condicionado foi a causa do incêndio.

O Fla-Flu e o jogo Vasco x Resende, válidos pela semifinal da Taça Guanabara neste fim de semana (9 e 10), foram adiados. O governador Wilson Witzel e o prefeito Marcelo Crivella decretaram luto oficial de três dias.

Às 9h50, a polícia chegou ao Ninho do Urubu para fazer a perícia. Um inquérito foi instaurado na 42ª DP (Recreio dos Bandeirantes) para apurar as causas do desastre. Uma das hipóteses investigadas é a de que tenha havia um curto-circuito no ar-condicionado.

Por volta das 11h, os primeiro corpos começaram a ser retirados e levados para o Instituto Médico Legal.

Mortos*:

  • Athila Paixão
  • Arthur Vinícius de Barros Silva Freitas, faria 15 anos um dia depois do incêndio
  • Bernardo Pisetta – nascido em Santa Catarina
  • Gedson Santos, 14 anos
  • Jorge Eduardo Santos, 15 anos
  • Christian Esmério
  • Pablo Henrique da Silva Matos, 14 anos, primo do Werley, do Vasco
  • Rykelmo de Souza Vianna, 16 anos
  • Samuel Thomas Rosa, 15 anos
  • Vitor Isaías, 15 anos

*outras 3 mortes estão confirmadas, mas os nomes ainda não foram divulgados para que as famílias sejam avisadas antes.

Athila Paixão – era de Lagarto, Sergipe, e tinha 14 anos. Jogava no clube desde março de 2018. O pai contou ao G1 que, em sua última conversa com o filho, ele disse que jogaria no Maracanã na sexta-feira em que aconteceu o incêndio.

Athila está entre as vítimas diz o pai do atleta

Arthur Vinicius – o jogador morava com a família em Volta Redonda e completaria 15 anos no sábado (9). A família foi avisada e está a caminho do Rio, segundo informações da TV Rio Sul.

Arthur Vinicius tinha 14 anos e faria aniversário no dia seguinte ao incêndio.

Bernardo Pisetta – nascido em Santa Catarina, era goleiro e já tinha atuado em outros times de futebol e equipes de futsal.

Christian Esmério – goleiro das categorias de base do Flamengo. Em abril de 2018, ele postou uma foto nas redes sociais de uma conquista com o clube.

Christian Esmério

Gedson Santos – Natural de Itararé (SP), tinha 14 anos. Era atacante e estava no Rio havia uma semana, segundo um tio. Jogou no Athletico-PR e ainda começaria a treinar no Flamengo.

Jorge Eduardo Santos – Tinha 15 anos e era de Além Paraíba (MG). Começou a jogar futebol aos 7 anos e chegou às categoria de base do Flamengo aos 12. Foi capitão da equipe campeã carioca sub-15 em 2018.

Pablo Henrique da Silva Matos – primo do zagueiro Werley, do Vasco, joga no Sub-17 do Flamengo, é de Minas Gerais e morava no centro de treinamento.

Rykelmo de Souza Vianna – Tinha 16 anos e atendia pelo apelido de Bolívia. Era natural de Limeira (SP) e jogava no meio de campo, como volante. Ele jogava na categoria de base do Flamengo e iria completar 17 anos no próximo dia 26.

Samuel Thomas Rosa  –  O garoto de 15 anos era morador de São João de Meriti, na Baixada Fluminense. Preferiu dormir no CT para voltar para a Baixada nesta sexta. Samuel jogava de lateral direito.

Vitor Isaías – nascido em Santa Catarina, tinha 15 anos. Era atacante e tinha seis meses de Flamengo. Começou a carreira no futsal do Figueirense.

Feridos:

  • Cauan Emanuel Gomes Nunes, 14 anos
  • Francisco Diogo Bento Alves, 15 anos
  • Jhonatan Cruz Ventura, 15 anos, em estado grave

Cauan Emanuel – em 2017, chegou a disputar o Campeonato Cearense pelo Santa Cruz e o Campeonato Futsal Colegial, pelo Salomé Bastos e Falcões da Vila, de Fortaleza. O jogador cearense está há três anos no Rio e, desde o ano passado, joga no Flamengo, disputando os campeonatos da categoria de base. Ao G1, o pai dele diz que irá ao Rio para encontrar o filho.

Jhonatan Ventura – está internado em estado mais grave, com 40% do corpo queimado. Natural de Vila Velha (ES), atua como zagueiro no time de base. Por volta das 9h45, ele passava por uma cirurgia no Hospital Lourenço Jorge, e depois será transferido para o Hospital Pedro II, referência no tratamento de queimados.

Francisco Dyogo – é goleiro da base rubro-negra e, segundo informações da Secretaria Municipal de Saúde, está fora de perigo. Ele chegou ao Rio em janeiro de 2018.

G1
Itambeagora@gmail.com

Deixe um comentário

mais Postagens interessantes

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site. Ao clicar em "aceitar" assumiremos que você concorda com o uso que fazemos dos cookies. Concordo Clique AQUI e tenha mais informações

Política de Privacidade