Início Bahia Tragédia na Bahia: Quatro trabalhadores morrem carbonizados em acidente na BR-101

Tragédia na Bahia: Quatro trabalhadores morrem carbonizados em acidente na BR-101

Por Reginaldo Spínola

Um trágico acidente foi registrado na BR 101, próximo a Posto da Mata, distrito do município de Nova Viçosa/BA, Km 918. Quatro trabalhadores morreram carbonizados após colisão, tombamento e incêndio em um veículo na tarde deste sábado, 27 de abril. O acidente foi registrado pela Polícia Rodoviária Federal e segundo informações, um veículo modelo Fiat/Palio FIRE, de cor branca, placa OUF 9498, estava sentido Teixeira à Posto da Mata, e segundo os PRFs, uma testemunha relatou que o motorista tentou fazer uma ultrapassagem, vindo a colidir com a carreta.

A carreta, modelo Volvo/FH 540, de cor preta, placa policial PPW 0313, que estava acoplada com uma carreta bitrem, de placa policial PPY 0730, estava em sentido contrário. Após a colisão, o veículo Pálio saiu da rodovia, pela contramão, vindo a cair, em um pequena ribanceira. Na sequência, o veículo se incendiou, e os ocupantes, que ficaram presos no interior do automóvel vieram a óbito e ficaram totalmente carbonizados. O motorista da carreta, Dhean Mendonça Cogo, de 36 anos, não apresentou nenhuma lesão.

 

Os ocupantes do veículo Fiat Pálio foram identificados, preliminarmente, como Moisés Costa Lima (motorista); Wanderson Tertulino Elísio; Rosivaldo Hermínio Alves e Benedito da Silva Faustino, todos moradores do distrito de Posto da Mata, em Nova Viçosa. Segundo informações, as vítimas eram embaladores de mamão e estariam retornado do trabalho. Os Policiais da PRF solicitaram o apoio do Corpo de Bombeiros Militar de Teixeira de Freitas, e ao SAMU, os quais compareceram no local e ajudaram no atendimento da ocorrência.

A delegada plantonista da 8ª COORPIN, Andressa Carvalho, foi informada do acidente e solicitou ao DPT a remoção dos corpos para o IML de Teixeira de Freitas, onde irão passar por necropsia e identificação, em decorrência do estado de carbonização dos corpos. Caso não seja possível a identificação dos corpos por meio de exames necropapiloscópico, somente exames de DNA poderão identifica-los, pois as vítimas, que tiveram seus corpos totalmente carbonizados. Após a identificação, os corpos serão liberados aos familiares para velório e sepultamento. Um procedimento de apuração foi aberto para as investigações que apontarão as causas do acidente. O procedimento será encaminhado para o delegado titular de Nova Viçosa, Marco António Neves, para as devidas providências.

Fonte: Liberdade News
Itambeagora@gmail.com

Deixe um comentário

mais Postagens interessantes

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site. Ao clicar em "aceitar" assumiremos que você concorda com o uso que fazemos dos cookies. Concordo Clique AQUI e tenha mais informações

Política de Privacidade