Início Brasil Tristeza: Diretora de escola perde pai e mãe em dois dias para o coronavírus

Tristeza: Diretora de escola perde pai e mãe em dois dias para o coronavírus

Por Reginaldo Spínola

A professora Glória Fátima Nascimento, de 58 anos, diretora de uma escola na Zona Sul do Rio de Janeiro, não conseguiu acompanhar o sepultamento de seu pai, que faleceu em decorrência do coronavírus. Ela tinha acabado de deixar o hospital, onde ficou oito dias internada para tratar da mesma doença.

O sofrimento de Glória é ainda maior neste fim de semana, quando terá que acompanhar o enterro de sua mãe, outra vítima da covid-19. A professora não terá o apoio de sua irmã, que continua internada em uma unidade de saúde.

“Não tem racionalidade que dê conta. É um sentimento de pequenez, de percepção de como somos pequenos no universo e não dominamos nada. A vida é muito maior do que a gente imagina e dá muito mais dores do que imaginamos”, disse.

Segundo Glória, sua irmã ainda não sabe da perda dos pais. Ela conta que os idosos respeitavam a quarentena. No último dia 23, a mãe apresentou sintomas de confusão mental e foi encaminhada para um hospital, onde foi internada. Na manhã seguinte, o pai foi para a mesma unidade com falta de ar. Ambos foram diagnosticados com Covid-19 e precisaram ficar isolados.

A professora conta que em função do isolamento, a mãe sequer soube que o marido havia falecido. Ela foi vencida pela doença no dia seguinte.

com informações de O Globo
Itambeagora@gmail.com

Deixe um comentário

mais Postagens interessantes

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site. Ao clicar em "aceitar" assumiremos que você concorda com o uso que fazemos dos cookies. Concordo Clique AQUI e tenha mais informações

Política de Privacidade