Início Bahia Prefeitura baiana é acusada de superfaturamento na compra de respiradores

Prefeitura baiana é acusada de superfaturamento na compra de respiradores

Por Reginaldo Spínola

Um morador de Candeias solicitou que a Câmara Municipal instaure um processo para apurar o superfaturamento na compra de respiradores feita pelo município.

De acordo com a denúncia, a compra foi feita sem licitação junto à empresa Manupa Comércio, Exportação, Importação de Equipamentos e Veículos Adaptado Eireli.

Foram 8 respiradores comprados no valor de R$ 175.000,00 (cento e setenta e cinco mil), totalizando R$ 1.400.000,00 (um milhão e quatrocentos mil reais), cada um. Um produto idêntico foi adquirido pela prefeitura de Salvador, de acordo com a denúncia, no valor de R$ 32 mil a unidade.

Além disso, há a suspeita de direcionamento da dispensa para a empresa Manupa, já que a mesma é fornecedora da prefeitura e recebeu em Abril cerca de R$ 1.170.000,00 pela compra de um ônibus.

Segundo o site Candeias Notícias, o cidadão pediu na denúncia que a Câmara investigue o prefeito por atos de improbidade administrativa tipificadas na Lei 8.429/92. Após a denúncia o prefeito teria pedido a vereadores da situação para que barre as investigações, por conta do temor de operações da polícia civil baiana e da federal sobre os valores pagos.

BN
Itambeagora@gmail.com

Deixe um comentário

mais Postagens interessantes

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site. Ao clicar em "aceitar" assumiremos que você concorda com o uso que fazemos dos cookies. Concordo Clique AQUI e tenha mais informações

Política de Privacidade