Início Brasil Igreja descumpre toque de recolher: ‘Covid não existe, quem manda aqui é Deus’, diz pastor

Igreja descumpre toque de recolher: ‘Covid não existe, quem manda aqui é Deus’, diz pastor

Por Reginaldo Spínola

Mais de 4 meses após a implantação do toque de recolher, em Campo Grande, ainda há muitas pessoas que desrespeitam as medidas de enfrentamento à pandemia. Na noite de quinta-feira (30), foi uma igreja, em Campo Grande/MS, que não respeitou o decreto municipal de fechar as portas às 20h. Além disso, o local estava cheio e as pessoas sem máscaras. “O Covid não existe, quem manda aqui é Deus, e não promotor, prefeito ou governador”, disse o pastor à equipe de fiscalização.

Agentes da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano (Semadur) e um promotor de Justiça, que integram as equipes de fiscalização aos decretos municipais, flagraram a igreja funcionando fora do horário permitido. Havia cerca de 60 pessoas no local, desrespeitando a regra de 30% da capacidade, e elas não usavam máscaras.

Ao abordarem o pastor, pedindo para que ele encerrasse o culto e orientasse que as pessoas voltassem para suas casas, o homem de 50 anos disparou ofensas contra o grupo: “Corruptos, ladrões, assaltantes, só querem dinheiro…”, disse. Ele completou: “O Covid não existe, quem manda aqui é Deus, e não promotor, prefeito ou governador.”

De acordo com informações da Guarda Municipal, os fiscais fizeram um auto de infração, que o pastor se recusou a assinar e ainda rasgou na frente das autoridades. Diante da situação, os agentes pediram reforço da Guarda Municipal.

No entanto, devido a presença de várias crianças e idosos no local, houve tumulto e não foi possível fazer a prisão em flagrante do homem.

G1
Itambeagora@gmail.com
0 Comentário

Related Articles

Deixe um comentário

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site. Ao clicar em "aceitar" assumiremos que você concorda com o uso que fazemos dos cookies. Aceitar

Política de privacidade e cookies