Início Bahia Mãe e filho são achados mortos em condomínio de Salvador

Mãe e filho são achados mortos em condomínio de Salvador

Por Reginaldo Spínola

Os corpos de uma mulher e do filho de 5 anos foram encontrados em um condomínio no Jardim das Margaridas na noite da quinta-feira (11). Segundo a Polícia Civil, eles foram identificados como Valdice Maria Cabral da Silva, 47 anos, e Gabriel Cabral da Silva.

Mãe e filho estavam na sala de casa quando a porta do apartamento foi arrombada pela polícia e pelo ex-marido de Valdice e pai de Gabriel, que procurou ajuda após o sumiço dos dois e os relatos de vizinhos, que relataram sentir um mau cheiro vindo do apartamento, que começou a ficar insuportável com o passar dos dias.

Moradores afirmaram que, a princípio, estranharam a ausência de Valdice e Gabriel, que sempre passavam juntos nas áreas comuns do prédio, e ficaram ainda mais preocupados com eles depois de notar o odor que emanava do local.

Quando foram encontrados em um cômodo do apartamento, os corpos já estavam em estado de gigantismo. A Polícia Militar diz que uma equipe da 49ª CIPM foi até o local por volta das 22h30, já com a informação de que dois corpos haviam sido encontrados. Os PMs confirmaram o fato e isolaram a área para realização de perícia.

Familiares ouvidos pela polícia disseram que desde segunda (8) davam pela falta de mãe e filho, apesar de algumas mensagens continuarem sendo trocadas. Imagens das câmeras de segurança do local serão recolhidas para ajudar na investigação e laudos do Instituto Médico Legal (IML) vão esclarecer as causas da morte. O caso será investigado pela 1ª Delegacia de Homicídios, do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

De acordo com a Polícia Civil, a família das vítimas foi ouvida e imagens de câmeras de segurança estão sendo coletadas para auxiliar nas apurações. Laudos do Instituto Médico Legal (IML) vão determinar a causa da morte dos dois.

Linha de investigação

Um detalhe chamou a atenção da família e dos agentes que foram até o local: o carro de Valdice não estava em sua vaga na garagem. Como o apartamento estava sem sinais de arrombamento, é possível que o responsável pela morte dos dois estivesse lá com permissão.

As circunstâncias em que o crime foi cometido, no primeiro momento, leva a polícia a não descartar que o autor do crime pode ter sido o namorado de Valdice, com quem ela estava há mês e não foi encontrado até agora por amigos e nem pela polícia.

Correio24Horas

Compartilhe esse post com seus amigos

Deixe um comentário

mais Postagens interessantes

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site. Ao clicar em "aceitar" assumiremos que você concorda com o uso que fazemos dos cookies. Concordo Clique AQUI e tenha mais informações

Política de Privacidade