Início Curiosidades Argentina cria o seu próprio “Auxílio Emergencial” de R$ 915

Argentina cria o seu próprio “Auxílio Emergencial” de R$ 915

Por Reginaldo Spínola
0 Comentário

O Presidente da Argentina, Alberto Fernández, anunciou uma espécie de Auxílio Emergencial para os mais vulneráveis do país vizinho. De acordo com Fernández, esse pagamento deve começar em breve e vai atender as pessoas que mais precisam do dinheiro nesse momento.

De acordo com o projeto da Argentina, esse auxílio vai atingir dois públicos. O primeiro é o de pessoas que já recebem o Benefício Universal por Filho (DUH). Em uma comparação mais dura, poderia ser o Bolsa Família da Argentina. Pelo menos quando comparamos as características.

Também irão receber o Auxílio argentino os monotributaristas. Também em uma comparação mais simplista, seria algo como o nosso pequeno empreendedor individual (MEI). De acordo com o Governo local, cerca de 2,7 milhões de pessoas estão nesses grupos.

Mas nem todos esses 2,7 milhões de pessoas irão receber esse dinheiro. É que esse auxílio só vai para as pessoas que moram em áreas que estejam enfrentando mais restrições do estado. Assim, esse dinheiro vai servir justamente para sanar essa falta de renda que os fechamentos acabam ocasionando.

Na medida que a pandemia for andando, é natural que eles também decidam mudar o foco do auxílio. Talvez as províncias que não recebiam, passem a receber e as províncias que já recebem, acabem não recebendo mais. Mas como dito, tudo vai depender do desenrolar da pandemia por lá.

Valor

De acordo com as informações do próprio Governo local, o novo Auxílio Emergencial vai pagar uma parcela de 15 mil pesos argentinos. Em uma conversão simples, utilizando dados atuais das cotações internacionais, isso daria algo em torno de R$ 915.

Em um nível total, é um valor bem maior que o valor que o Brasil vai pagar. É bem verdade que na versão brasileira, o dinheiro se dividiu em quatro parcelas. Mas quem recebe R$ 150, não vai chegar perto desses R$ 915, nem somando os quatro valores dos pagamentos.

Pandemia na Argentina

O anúncio de Fernández acontece um dia depois de a Argentina bater seu recorde de mortes diárias por Covid-19 em 2021. De acordo com as informações oficiais, foram mais de 360 mortes em apenas 24 horas. O país está tentando se organizar dentro dessa segunda onda da pandemia por lá.

No ano passado, a Argentina ganhou fama mundial por ser um dos países com a quarentena mais longa do mundo. Especialistas afirmam que esse período das pessoas em casa ajudou muito a evitar um desastre ainda pior. Mas isso não quer dizer que a guerra contra o vírus acabou por lá.

Auxílio no Brasil

No Brasil, o valor do Auxílio Emergencial segue sendo motivo para muita polêmica. É que membros de partidos de oposição afirmam que o Governo precisa subir o valor desse Auxílio para, pelo menos, R$ 600. Eles também querem que os pagamentos durem até o final da pandemia.

Itambeagora@gmail.com
0 Comentário
0

Deixe um comentário

Ao utilizar este formulário concorda com o armazenamento e tratamento dos seus dados por este site.

mais Postagens interessantes

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site. Ao clicar em "aceitar" assumiremos que você concorda com o uso que fazemos dos cookies. Concordo Clique AQUI e tenha mais informações

Política de Privacidade