Início Bahia Coreógrafo ex-diretor do Balé de São Paulo morre de Covid-19 aos 66 anos

Coreógrafo ex-diretor do Balé de São Paulo morre de Covid-19 aos 66 anos

Por Reginaldo Spínola
0 Comentário

O coreógrafo Ismael Ivo, 66 anos, foi mais uma vítima da Covid-19. Ele morreu nessa quinta-feira (8), no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo. Ele era ex-diretor do Balé da Cidade de São Paulo. A confirmação do falecimento foi feita pela família de Ismael.

Em mais de 30 anos, atuou em vários países da Europa. No Brasil, integrou o corpo de dançarinos do Teatro de Dança Galpão, em São Paulo, além do grupo experimental de dança do Teatro Municipal, onde ficou por um ano.

Ismael foi diretor da Bienal de Veneza e fez história na dança mundial ao ser o primeiro negro e estrangeiro a dirigir o Teatro Nacional Alemão, em Weimar. À convite da Secretaria Municipal da Cultura de São Paulo, Ismael retorna ao Brasil, em 2017, para dirigir o Balé da Cidade de São Paulo, sendo, também, o primeiro negro a ocupar o cargo.

Em junho do ano passado, 2020, Ismael Ivo sofreu dois AVCs (acidente vascular cerebral), mas a recuperação foi boa, não deixando sequelas.

O governador de São Paulo, João Dória, lamentou a morte do coreógrafo no Twitter: “O Brasil perdeu hoje Ismael Ivo, um dos maiores coreógrafos contemporâneos. Ismael foi diretor da Bienal de Veneza, do Balé da Cidade, e o primeiro estrangeiro a dirigir o Teatro Nacional Alemão. Era um amigo querido. Muito triste. Minha solidariedade aos familiares”, escreveu na rede social. // Correio

Itambeagora@gmail.com
0 Comentário
0

Deixe um comentário

Ao utilizar este formulário concorda com o armazenamento e tratamento dos seus dados por este site.

mais Postagens interessantes

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site. Ao clicar em "aceitar" assumiremos que você concorda com o uso que fazemos dos cookies. Concordo Clique AQUI e tenha mais informações

Política de Privacidade