Início Bahia Região: Homem recém casado, difamava a aplicava tortura psicológica à própria esposa através da internet

Região: Homem recém casado, difamava a aplicava tortura psicológica à própria esposa através da internet

Por Reginaldo Spínola
0 Comentário

A Polícia Civil de Barra do Rocha identificou e indiciou um homem acusado de utilizar a internet para difamar a própria companheira e outros moradores da cidade. Na quinta-feira (06) foi realizada uma Operação denominada Gaslighting com o objetivo de  cumprir oito mandados de busca e apreensão em Barra do Rocha, Itagibá e Ipiaú. A principal vítima do homem identificado pelas iniciais E.M.O.S. era a sua própria esposa.

“Durante meses (ela) sofreu tortura psicológica, recebendo de forma reiterada mensagens com teor ofensivo, que foram desgastando sua autoestima e acabando com sua confiança em si mesma, transformando-a num punhado de dúvidas e medos. Com o tempo, tais mensagens desabonando sua imagem começaram a ser enviadas para seus familiares, inclusive até mesmo a sua filha de 8 anos recebeu e foi alvo de ameaças por parte do agressor”, revela o delegado Nadson Pelegrini.

De acordo com a Polícia Civil, para cometer os crimes, o investigado fez uso de mais de 15 linhas telefônicas cadastradas em nomes de terceiros, que não tinham conhecimento que seus CPFs estavam sendo utilizados e, muito menos, que estavam sendo usados para cometer ilícitos. As investigações da Polícia Civil apontam que o homem teve a audácia de utilizar CPFs dos padrinhos de casamento e até mesmo do Pastor que celebrou a cerimônia.

Ainda segundo o delegado, o homem indiciado e a sua companheira se casaram há pouco mais de dois meses. “O criminoso, durante meses, através de números diversos, enviava mensagens ofendendo a honra e diminuindo a vítima, ao mesmo tempo que enviava mensagens colocando-se objeto de desejo, fazendo assim uma confusão na cabeça da vítima, que passava a dar a mais valor ao investigado, já que, em tese, enquanto ela estava sendo humilhada, seu marido estava sendo exaltado. A maioria das mensagens fazia menção a relacionamentos passados da vítima (principalmente com um vereador da cidade), enquanto outras diziam desejar o investigado e que tomariam ele da vítima”, informou o delegado Nadson Pelegrini.

“Durante as investigações, a equipe da Delegacia Territorial de Barra do Rocha também descobriu que o investigado era autor de ao menos um dos vídeos difamatórios que circularam na cidade no presente ano, onde eram atribuídas qualidades depreciativas a membros da academia onde o investigado trabalha, sendo que, para não ser considerado suspeito, no vídeo ele veiculou a própria foto com o dizer ‘corno’, alegando que a esposa o traia”, revelou o delegado.

Na operação denominada Gaslighting, a delegacia de Barra do Rocha contou com apoio de equipes de Jequié, Ipiaú e do Serviço de Investigação da 9ª COORPIN. Foram apreendidos sete aparelhos celulares, 02 notebooks e 01 HD externo.

“A Polícia Civil alerta da necessidade de ter cautela antes de informarem dados pessoais a terceiros e reafirma que a internet não é sem lei e os cibe criminosos sofrerão as duras penas da lei”, finalizou o delegado Nadson Pelegrini.

Gaslighting

É uma forma de abuso psicológico na qual informações são distorcidas, seletivamente omitidas para favorecer o abusador ou simplesmente inventadas com a intenção de fazer a vítima duvidar de sua própria memória, percepção e sanidade.

Itambeagora@gmail.com
0 Comentário
0

Deixe um comentário

Ao utilizar este formulário concorda com o armazenamento e tratamento dos seus dados por este site.

mais Postagens interessantes

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site. Ao clicar em "aceitar" assumiremos que você concorda com o uso que fazemos dos cookies. Concordo Clique AQUI e tenha mais informações

Política de Privacidade