Início Noticias Jovens são flagradas tentando furtar apartamento pelo 3º dia seguido no litoral de SP

Jovens são flagradas tentando furtar apartamento pelo 3º dia seguido no litoral de SP

Por Reginaldo Spínola

Uma mulher de 19 anos foi presa e uma adolescente de 15 foi apreendida pela Polícia Civil por participarem de invasões e furtos em apartamentos de Guarujá, no litoral de São Paulo, por três dias seguidos. Elas são da capital paulista e outras duas pessoas são procuradas por também atuarem nos crimes.

Conforme divulgado pela polícia, as invasões aos apartamentos aconteceram por pelo menos três dias seguidos. No último sábado (21), um homem de 47 anos registrou um boletim de ocorrência na Delegacia Sede de Guarujá informando que, ao chegar em seu apartamento, encontrou a porta quebrada e diversos pertences desaparecidos. As câmeras de segurança do edifício filmaram a ação da dupla.

No dia seguinte, domingo (22), os policiais receberam a informação que outro casal havia sofrido o mesmo tipo de furto, em um apartamento no bairro Vila Julia. Desta vez, foram levados computadores, relógios, joias, celulares e um videogame.

Com as imagens que mostravam a ação da quadrilha no primeiro furto, a polícia foi acionada pela terceira vez, para uma movimentação suspeita que acontecia em um condomínio no bairro Caminho das Tartarugas, na noite desta segunda-feira (23).

Segundo apurado pelo G1, as jovens entraram no condomínio com o objetivo de furtar, mas a equipe de segurança do local suspeitou da dupla e acionou a equipe de investigação da Polícia Civil. Quando os policiais chegaram ao local e mostraram as imagens do primeiro furto à dupla, elas confessaram os crimes.

Elas estavam levando objetos furtados recentemente. Com elas, estavam luvas de látex, joias, celulares, relógios e óculos de sol. A jovem, menor de idade, foi entregue aos cuidados da genitora, que assinou o termo se comprometendo a apresentar a adolescente à Justiça Criminal.

A comparsa, maior de idade, vai responder pelo crime de furto qualificado em razão das destruições que fizeram nas portas dos apartamentos. Ela segue à disposição da Justiça. As investigações da Polícia Civil continuam para localizar a identidade de pelo menos outras duas pessoas envolvidas nos crimes. // G1

Itambeagora@gmail.com

Deixe um comentário

mais Postagens interessantes

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site. Ao clicar em "aceitar" assumiremos que você concorda com o uso que fazemos dos cookies. Concordo Clique AQUI e tenha mais informações

Política de Privacidade