Início Brasil Após ser assassinado, cantor tem caixão desenterrado e incendiado

Após ser assassinado, cantor tem caixão desenterrado e incendiado

Por Reginaldo Spínola

O cantor de brega-funk, João Vitor da Silva Amorim, de 23 anos, foi assassinado no último domingo (24), em Cabo de Santo Agostinho, no Grande Recife, ele teve seu túmulo violado, nesta segunda-feira (25). O caixão com o corpo do cantor, mais conhecido MC Pitbull da Firma, foi desenterrado e incendiado no Cemitério São José, no centro do município, o caso é investigado pela Polícia Civil.

MC Pitbull da Firma, foi morto a tiros, em Gaibu, praia do Cabo de Santo Agostinho. O caso é apurado pela 14ª Delegacia de Polícia, a razão do crime não foi divulgada, para que não seja comprometido os trabalhos já feitos.

Segundo informações dadas pelo município, o ataque ocorreu ao túmulo por voltas 20h desta última segunda-feira. “Será instaurado inquérito policial para averiguar o caso, que é considerado um crime bárbaro e de violência gratuita”, informou a prefeitura.

O cemitério se encontra isolado e os sepultamentos estão temporariamente suspensos.

Itambeagora@gmail.com

Deixe um comentário

mais Postagens interessantes

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site. Ao clicar em "aceitar" assumiremos que você concorda com o uso que fazemos dos cookies. Concordo Clique AQUI e tenha mais informações

Política de Privacidade