Início Entretenimento Setembro Azul:  CRAS Felipe Achy realiza oficinas de Libras em apoio à comunidade surda em Itambé

Setembro Azul:  CRAS Felipe Achy realiza oficinas de Libras em apoio à comunidade surda em Itambé

Por Reginaldo Spínola

Em alusão ao Setembro Azul, Campanha de Conscientização sobre a Visibilidade da Comunidade Surda, o CRAS Felipe Achy promoveu durante todo o mês, em Itambé, um ciclo de oficinas de Libras. A ação teve como objetivo sensibilizar a sociedade sobre acessibilidade e a luta da comunidade surda, além de atentar sobre a importância do uso da Língua Brasileira de Sinais.

Durante a programação, foram promovidas para as crianças e mães do bairro, sete aulas ministradas pela pedagoga e intérprete de libras, Carmen Teixeira. Além das crianças ouvintes, participaram também das atividades, adolescentes surdos moradores da localidade, assim como as mães que aderiram à iniciativa.

A culminância do projeto aconteceu na última quinta-feira, 30 de setembro, Dia do Tradutor e Intérprete de Libras. O momento contou com a presença e o apoio da Secretária de Assistência Social, Rose Araújo; da Subsecretária da Assistência Social, Marcela Oliveira; da Coordenadora da Proteção Social Básica, Elisangela Lima; da Secretária de Educação, Mailza Soares; da Coordenadora da Educação Especial, Zenália Ferreira; do Vereador Adailson Pinheiro (Dai do Gesso), membros da comunidade surda; profissionais da UBS Felipe Achy e Guarda Civil Municipal.

Na oportunidade, os participantes e as famílias avaliaram positivamente a programação, destacando a importância da continuidade do projeto.

“Queria pedir a atenção de todos para que esta ação não se encerre aqui, porque não é só Setembro Azul. Meu filho tem 18 anos e são 18 anos de luta. Não gosto de falar porque não consigo, dói muito vê-lo passar por tantas dificuldades”, destacou a mãe de um dos participantes do projeto.

Para a diretora do CRAS, Miriam Pacheco, o projeto abriu os olhos da comunidade para a importância e a valorização da comunidade surda. “Foi uma ação que envolveu crianças, mães e representantes da comunidade surda, que teve um impacto muito maior que o esperado, mobilizando diferentes entes da sociedade. Agradeço a todos que participaram e colaboraram com o sucesso da nossa programação”, ressaltou a coordenadora. // Ascom PMI

Itambeagora@gmail.com

Deixe um comentário

mais Postagens interessantes

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site. Ao clicar em "aceitar" assumiremos que você concorda com o uso que fazemos dos cookies. Concordo Clique AQUI e tenha mais informações

Política de Privacidade