Início Esporte William Ribeiro, jogador do São Paulo-RG chuta cabeça de árbitro, que fica desacordado em campo; Atleta é preso por tentativa de homicídio

William Ribeiro, jogador do São Paulo-RG chuta cabeça de árbitro, que fica desacordado em campo; Atleta é preso por tentativa de homicídio

Por Reginaldo Spínola

Depois de agredir o árbitro Rodrigo Crivellaro, na partida entre São Paulo-RS e Guarani, pela segunda divisão do Campeonato Gaúcho, o jogador William Ribeiro foi preso na noite nesta segunda-feira.

O ESPN.com.br entrou em contato com o delegado Vinicius Lourenço de Assunção, responsável por autuar o jogador William Ribeiro por tentativa de homicídio. Segundo o delegado, não houve dúvida de que o atleta assumiu o risco de tirar a vida do árbitro e por conta disso foi preso em flagrante. Se condenado, ele poderia pegar de 12 a 30 anos pelo crime qualificado. No entanto, de acordo com o delegado, como o árbitro não morreu, William teria de um a dois terços da pena reduzida.

“O atleta foi apresentado em flagrante de delito pela Polícia Militar após agredir o árbitro, que desmaiou. Ele (árbitro) teria recebido um soco e depois um chute, fazendo o ficar inconsciente. Conversei com a médica, foi feito uma tomografia do crânio, raio-x na coluna, tórax e bacia também”, disse.

VEJA O VÍDEO:

“Segundo a médica, o árbitro apresentava um discurso confuso. Ele correu risco seríssimo de lesão na coluna cervical e cabeça. Por conta disso, decidi pelo crime de tentativa de homicídio. Quando você chuta a cabeça de alguém deitado, você assume o risco de matá-lo”.

“(O jogador) Será autuado no artigo 21, além de se tratar de um motivo fútil, não é razoável alguém agredir dessa forma por conta de futebol, ainda mais contra o árbitro, que é autoridade. Será autuado pela tentativa de homicídio. Está na Polícia Civil e será encaminhado ao presídio local de Venâncio Aires”, completou.

Aos 16 minutos da segunda etapa, uma confusão entre os dois levou o árbitro ao chão e o jogador o chutou. Após o ocorrido, o árbitro Rodrigo Crivellaro foi levado ao hospital, chegando a ficar desacordado por alguns instantes.

A partida foi suspensa, sem prazo para ser retomada. Em seu perfil no Twitter,o São Paulo se posicionou repudiando a ação, além de ter rescindido o contrato do atleta.

O presidente da Federação Gaúcha de Futebol, Luciano Hocsman, usou seu perfil no Twitter para se posicionar sobre o caso, atualizando a situação do árbitro Rodrigo Crivellaro e criticando a atitude do atleta.

“Falei com o árbitro Rodrigo Crivellaro, covardemente agredido por um jogador do São Paulo, na partida contra o Guarani. Ele está sendo medicado no Hospital e, felizmente, se recuperando. A FGF está prestando todo o atendimento necessário e caberá ao TJD avaliar o episódio”, escreveu. // Espn

Itambeagora@gmail.com

Deixe um comentário

mais Postagens interessantes

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site. Ao clicar em "aceitar" assumiremos que você concorda com o uso que fazemos dos cookies. Concordo Clique AQUI e tenha mais informações

Política de Privacidade