Início Brasil Horror: Homem mata ex-exposa a marretadas, furta carro e se joga de ponte

Horror: Homem mata ex-exposa a marretadas, furta carro e se joga de ponte

Por Reginaldo Spínola

Haroldo da Silva Amorim, de 41 anos, matou a marretadas a sua ex-esposa, Bruna Araujo de Souza, 31 anos. Separados há quatro meses, ele não aceitava o fim da relação é constantemente fazia ameaças contra a vida da mulher, que tinha dois filhos.  O crime aconteceu na manhã desta quinta-feira (13), em São Gonçalo, na região metropolitana do Rio.

O corpo da vítima foi encontrado por uma vizinha em um beco da região onde ela morava. Após matar a ex-esposa, o agressor furtou o carro de uma oficina e seguiu em direção a ponte Rio-Niteroi, de onde se lançou. Ele também havia atirado em direção a uma tia, mas ela não foi atingida.

Foi essa tia que, posteriormente, reconheceu o corpo do sobrinho no hospital. O agressor chegou a ser socorrido pelos tripulantes de uma lancha do Corpo de Bombeiros mas, em estado grave, acabou não resistindo.

Bruna, que era orientadora de trânsito, estava separada de Haroldo há quatro meses e temia por sua vida e de sua filha, de 17 anos, de outro relacionamento. Ela sofria ameaças dele constantemente. O casal ficou junto por 14 anos e também tinham um filho juntos, de 12 anos.

“Ele ameaçava ela e a filha, de 17 anos. Nunca prestou. Xingava ela de tudo quanto era nome, na frente de todo mundo, só tratava ela mal. Ele já estava atrás dela com armas dizendo que, se ela não ficasse com ele, iria matá-la. Essas ameaças eram frequentes. Vivia perseguindo ela”, contou uma prima em entrevista ao jornal Extra.

Compartilhe esse post com seus amigos

Deixe um comentário

mais Postagens interessantes

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site. Ao clicar em "aceitar" assumiremos que você concorda com o uso que fazemos dos cookies. Concordo Clique AQUI e tenha mais informações

Política de Privacidade