Início Bahia Governo já afastou 315 servidores que não comprovaram a imunização; 22 são da UESB

Governo já afastou 315 servidores que não comprovaram a imunização; 22 são da UESB

Por Reginaldo Spínola

A Bahia tem 315 servidores estaduais afastados por não comprovarem a vacinação. De acordo com o governo, os servidores são de 15 órgãos. A maioria deles é de integrantes da Polícia Militar, que tem 141 afastados.

O governo do estado diz que os afastados descumprem a lei estadual que vale para integrantes dos órgãos e entidades da administração pública do poder executivo estadual e de participantes do Partiu Estágio e do programa primeiro emprego. O governo da Bahia exige, desde janeiro, que servidores públicos estaduais comprovem a imunização contra a Covid-19 para seguirem trabalhando em seus postos.

Foram afastados servidores das secretarias de Educação (39), de Administração Penitenciária (8), de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (1), da Saúde (15), de Desenvolvimento Econômico (1), e da Fazenda (8). Além da Uneb (34), Uesb (22), Fundac (8), Irdeb (3), Polícia Civil (17), Polícia Militar (141), Departamento de Polícia Técnica (1), Corpo de Bombeiros (07) e Adab (10).

Ainda segundo o governo, as unidades administrativas do estado manterão uma rotina regular para a publicação de novas suspensões cautelares, na medida em que for encerrado o prazo para que os servidores notificados apresentem comprovantes da vacina ou justificativa médica para não receber a imunização.

Compartilhe esse post com seus amigos

Deixe um comentário

mais Postagens interessantes

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site. Ao clicar em "aceitar" assumiremos que você concorda com o uso que fazemos dos cookies. Concordo Clique AQUI e tenha mais informações

Política de Privacidade