Início Acidente Garota que teve perna amputada após atropelamento em festa morre na Bahia

Garota que teve perna amputada após atropelamento em festa morre na Bahia

Por Reginaldo Spínola

Uma das quatro pessoas que sofreram atropelo no bairro da Boca do Rio, em Salvador, morreu na madrugada desta terça-feira (31), no Hospital Geral do Estado (HGE), onde estava internada. A informação foi confirmada por familiares de Érica Bitencourt Santos, de 29 anos, que precisou amputar a perna após o acidente, horas antes de falecer.

O caso aconteceu na noite de domingo (29), na Rua Pedro Ferreira. De acordo com testemunhas, uma festa de aniversário era realizada na região e o suspeito se envolveu em um desentendimento com outras pessoas no local. Ele teria saído revoltado, entrado no carro e atropelado o grupo intencionalmente. Além de Érica, uma amiga, o pai e o marido dela também foram atingidos, mas não correm risco de morte.

Pessoas que participavam do evento contaram que o motorista, cujo nome não foi divulgado, teria ingerido bebida alcoólica e estava com outros dois homens quando atropelou as vítimas. O motivo da confusão é desconhecido, até o momento.

Érica não estava na festa de aniversário e conversava com uma amiga na rua no momento do acidente. Taís Santos, vizinha da vítima, estava com ela pouco antes do ocorrido, contou que ouviu gritos e encontrou a auxiliar administrativa já ferida e inconsciente. “Assim que ela [Érica] subiu, eu escutei gritos. Eu achei que era uma briga, mas quando cheguei lá, me deparei com ela no chão, toda ensanguentada”, relatou Taís.

Érica teria sido imprensada entre o carro que provocou o atropelamento e outro que estava estacionado na via. Familiares de Érica disseram ainda que, após o acidente, encontraram o motorista no bairro de Itapuã, ingerindo bebidas alcoólicas. O corpo da auxiliar administrativa está no Instituto Médico Legal (IML), em Salvador, e não há informações sobre velório e sepultamento da vítima.

Em nota, a Polícia Civil informou que investiga o atropelamento e o suspeito foi identificado, mas ainda não foi preso. Disse ainda que, segundo informações iniciais, o grupo estava na rua e após uma briga em um evento, um homem entrou em seu veículo e atropelou propositalmente o grupo, fugindo em seguida.

G1Globo

Compartilhe esse post com seus amigos

Deixe um comentário

mais Postagens interessantes

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site. Ao clicar em "aceitar" assumiremos que você concorda com o uso que fazemos dos cookies. Concordo Clique AQUI e tenha mais informações

Política de Privacidade