Início Brasil Jogador italiano é acusado de matar esposa martelo e taco de beisebol

Jogador italiano é acusado de matar esposa martelo e taco de beisebol

Por Reginaldo Spínola

O jogador italiano Giovanni Padovani, de 27 anos, teria usado um martelo e um taco de beisebol para espancar até a morte sua ex-namorada, Alessandra Matteuzzi, de 56 anos, poucas semanas após ela ter o denunciado por perseguição. De acordo com a polícia local, Padovani supostamente deixou a concentração de seu time na véspera de um empate na Copa da Itália e voou para Bolonha para esperar por Alessandra. Quando ela chegou em casa, ele a emboscou no saguão de seu prédio.

Durante a ação do jogador, Matteuzzi estava ao telefone com sua irmã Stefania, que acabou ouvindo seus gritos enquanto ela era atacada. “Ela saiu do carro e começou a gritar: ‘Não, Giovanni, não, eu imploro, socorro.’ Eu estava ao telefone. Liguei imediatamente para os Carabinieri [polícia] que chegaram imediatamente. Eu moro a 30 km de distância. No final, ele a espancou até a morte”, falou Stefania para a emissora italiana ‘RepTV’.

Testemunhas informaram ao jornal Tribunal de Bolonha que Padovani continuou a “espancar a vítima chegando até a usar um banco de ferro forjado, que foi jogou várias vezes” em Matteuzzi.

Alessandra chegou com vida ao hospital, mas, devido aos ferimentos graves, não resistiu e foi a óbito. Alessandra e Giovanni eram um casal há cerca de um ano, segundo relatos da imprensa.

Compartilhe esse post com seus amigos

Deixe um comentário

mais Postagens interessantes

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site. Ao clicar em "aceitar" assumiremos que você concorda com o uso que fazemos dos cookies. Concordo Clique AQUI e tenha mais informações

Política de Privacidade