Início Brasil Leandro Lo, um dos maiores nomes do jiu-jitsu mundial, é assassinado por policial

Leandro Lo, um dos maiores nomes do jiu-jitsu mundial, é assassinado por policial

Por Reginaldo Spínola

Um dos maiores nomes da história do jiu-jitsu mundial, o brasileiro Leandro Lo morreu na madrugada deste domingo, após se envolver numa briga com um policial em uma festa em São Paulo. Ele foi atingido com um tiro na cabeça.

Ao site “g1”, o advogado do lutador afirmou que o autor do disparo está foragido. Segundo ele, Leandro se envolveu em uma briga e imobilizou o homem. Ao soltá-lo e se afastar, foi baleado por ele. O campeão mundial de jiu-jitsu foi encaminhado para o hospital e já teve morte cerebral confirmada.

O currículo de Leandro sinaliza o tamanho da perda. O brasileiro de 33 anos foi oito vezes campeão mundial de jiu-jitsu em cinco categorias diferentes. Ele conquistou cinco Copas do Mundo da modalidade e ainda ganhou oito Pan-americanos do esporte.

Em 2019, abriu mão de título por retribuição.

Leandro era conhecido não só por sua técnica, mas também pela postura esportiva. No Mundial de 2018, ele se sagrou campeão absoluto depois que seu adversário na final, Marcus Buchecha, abriu mão do título porque Lo não tinha condições de lutar (ele lesionara o ombro na decisão do super pesado, disputada antes).

Na edição seguinte, em 2019, o destino colocou os dois novamente na luta decisiva. Mas, como forma de retribuição pelo gesto do ano anterior, Leandro abdicou de disputar a final para que o Buchecha ficasse com o título do absoluto.

Compartilhe esse post com seus amigos

Deixe um comentário

mais Postagens interessantes

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site. Ao clicar em "aceitar" assumiremos que você concorda com o uso que fazemos dos cookies. Concordo Clique AQUI e tenha mais informações

Política de Privacidade