Início Brasil Mulher finge ter infarto para não ser estuprada no meio da rua

Mulher finge ter infarto para não ser estuprada no meio da rua

Por Reginaldo Spínola

Um homem, de 24 anos, foi preso após tentar sequestrar e estuprar uma mulher no meio da rua. O caso aconteceu nesta terça-feira (20), em Goiânia. A vítima andava na calçada, quando foi abordada pelo homem armado, dentro de um veículo, sendo intimada a entrar no carro.

Segundo informações do G1, a mulher teve a arma próximo a seu corpo a todo momento e precisou tomar uma atitude rapidamente para que não fosse levada pelo homem, muito menos ser estuprada. “Ele parou, desceu do carro e mandou eu entrar no carro. Pegou no meu braço, me mostrou uma arma e falando para entrar. Eu falei: moço, o que vai fazer comigo, moço? Pelo amor de Deus”, contou à reportagem.

A mulher, que preferiu não se identificar, revelou que caiu no chão e fingiu que estava tendo um infarto. No entanto, mesmo caída no chão, o homem ainda fez de tudo para levá-la embora. A vítima, percebendo a situação, passou a gritar desesperadamente, na tentativa de receber ajuda de moradores da rua. Ela ainda chegou a oferecer dinheiro e o celular, mas o homem repetia que queria usá-la.

“Aí eu fui caindo no chão, fui caindo e ele tentando me pegar. Disse que ia me levar, me bater, me usar. Na hora que ele viu que vinha um rapaz, ele me largou, entrou no carro, virou a rua e foi embora”, disse.

Alguns que conseguiram ouvir os gritos, saíram para ajudá-la e socorrê-la. O homem, vendo a movimentação, decidiu fugir do local, mas acabou sendo preso pouco depois após a polícia receber as características do carro pelos moradores. A Polícia Civil de Goiânia não divulgou o nome do suspeito, o que dificultou as respostas sobre o homem ter permanecido preso.

Compartilhe esse post com seus amigos

Deixe um comentário

mais Postagens interessantes

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site. Ao clicar em "aceitar" assumiremos que você concorda com o uso que fazemos dos cookies. Concordo Clique AQUI e tenha mais informações

Política de Privacidade