Início Noticias POÇÕES: PREFEITURA PODE CANCELAR CONTRATO COM COOPERATIVA DO TRANSPORTE ESCOLAR

POÇÕES: PREFEITURA PODE CANCELAR CONTRATO COM COOPERATIVA DO TRANSPORTE ESCOLAR

Por Reginaldo Spínola
motoristas do transporte escolar de Poções paralisaram as
atividades nessa semana, por conta do atraso salarial em dois meses, somando o
valor de R$ 720 mil. O procurador Jurídico da Prefeitura Municipal de Poções,
Esdras Silveira, que explicou o que levou a essa situação. “Existe uma
divergência no valor que foi licitado, que a cooperativa venceu e o valor que
ela quer receber, ela acredita que é um valor defasado, mas nós entendemos que
deve ser cobrado o valor licitado, que esta no edital, conforme a lei da
licitação. A partir de quando ela não consegue executar nós temos que tomar as
providências”, comentou Esdras.

De acordo com Esdras, “há dois meses a Prefeitura está com o
dinheiro na conta para pagar e a cooperativa não consegue oferecer a planilha
conforme na licitação”. “Então para resguardarmos o direito dos trabalhadores
diante desse desacordo entre cooperativa e prefeitura, nós iremos depositar
esse dinheiro em juízo, para que a cooperativa repasse a planilha conforme a
licitação e repasse os valores para os trabalhadores, descontando suas despesas
de operação”, afirmou.
“Agora cabe a administração tomar as medidas administrativas
e judiciais. Vamos aí fazer o depósito em juízo e a partir daí chamar a segunda
e a terceira colocada se for a necessidade e em último caso nós vamos cancelar
essa licitação. Fazer uma contratação emergencial até que seja elaborada uma
nova licitação”, completou. Em acordo, os cooperados retornam às atividades na
próxima segunda-feira (29).
bocaonews

Itambeagora@gmail.com

mais Postagens interessantes

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site. Ao clicar em "aceitar" assumiremos que você concorda com o uso que fazemos dos cookies. Concordo Clique AQUI e tenha mais informações

Política de Privacidade