Início Noticias COMERCIANTE É MORTO A TIROS POR NÃO ACEITAR O TRÁFICO DE DROGAS PRÓXIMO A SEU BAR

COMERCIANTE É MORTO A TIROS POR NÃO ACEITAR O TRÁFICO DE DROGAS PRÓXIMO A SEU BAR

Por Reginaldo Spínola
Um homem foi morto a tiros por volta das 19h30 desta
quinta-feira, 31, na Rua Amélia Rodrigues, no bairro Kadija, na porta do seu
pequeno comércio.
Paulo Pereira dos Santos, 33 anos, mais conhecido como
“Paulinho”, estava em seu bar, inaugurado há um mês, quando duas pessoas
chegaram de bicicleta, cumprimentaram as pessoas que estavam no local e
atiraram cinco vezes contra a vítima. O Samu 192 foi chamado, mas não havia
mais o que fazer para salvar a vida de Paulo.

De acordo com informações obtidas pelo Blitz Conquista,
“Paulinho” era trabalhador, não tinha envolvimento com ilícitos, inclusive se
sentia incomodado com a presença de adolescentes que traficavam junto ao seu
estabelecimento.
Amigos da vítima relataram que há uma semana o comerciante
teria observado o comércio de drogas em frente ao bar. Ele foi até um dos
menores que traficava no local e pediu que saíssem dali, caso contrário a
polícia seria chamada. Caso seja comprovado o relato, fica evidente que os
traficantes estão dispostos eliminar todos aqueles que prejudicam o comércio de
tóxicos e entorpecentes. Inclusive, os criminosos não consideram pais e
famílias de bem.
Blitz Conquista

Itambeagora@gmail.com

mais Postagens interessantes

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site. Ao clicar em "aceitar" assumiremos que você concorda com o uso que fazemos dos cookies. Concordo Clique AQUI e tenha mais informações

Política de Privacidade