Início Noticias Professores paralisam as atividades mais uma vez em 2014

Professores paralisam as atividades mais uma vez em 2014

Por Reginaldo Spínola
12 Comentários
Mais uma vez a APLB Sindicato e profissionais
da educação, realizaram manifestação em praça pública e anunciaram greve por
tempo indeterminado.  É a segunda vez
neste ano, que os professores paralisam as atividades em protesto ao não
cumprimento de conquistas adquiridas no Plano de Carreira dos Servidores da
Educação, da Prefeitura Municipal de Itambé.
É a segunda vez que a greve foi
deflagrada por não haver acordo entre as partes. A primeira foi em 15 de abril,
que se estendeu até o dia 7 de maio, e foram reivindicadas pendências retroativas ao ano de 2013, os
reajustes que o plano de carreira garante para 2014 e outros benefícios.

A segunda greve, que foi deflagrada nesta ultima sexta-feira,
29 de agosto, após a realização de uma reunião entre o prefeito, secretário de educação,
sindicato e representantes dos professores, acontecida no dia anterior, nas
dependências da prefeitura, onde mais uma vez não houve acordo, e o que estava
previsto acabou acontecendo. As exigências da categoria são as mesmas, não
cumprida na primeira greve: regularização de pendências retroativas ao ano de
2013, os reajustes que o plano de carreira garante para 2014 e outros
benefícios.
De acordo com o que foi dito em praça pública pelo Diretor da
APLB Lucas Oliveira, a categoria está aberta ao diálogo e apresentação de proposta
por parte da administração para chegar a um entendimento e por fim a greve.
Também o diretor informou que a categoria não quer prejudicar o Desfile Cívico
de 7 de Setembro, mas se não chegar a um acordo, os professores irão desfilar em
forma de protesto, com o “Grito dos Excluídos”.
Itambeagora@gmail.com
12 Comentários
0

12 Comentários

Anônimo 4 de setembro de 2014 - 11:04

Á ta? vou muito acredita, fale o valor que você recebe nas manifestações, tem classe que merece mais e não anda deixando nossos filhos a mercê desta classinha de professores mal qualificados, sem contar a falta de interesse para educar nossos filhos.

Anônimo 7 de setembro de 2014 - 23:59

Lucas já esta ficando inadimisivel ,todos esta sabendo o que vcs querem que o prefeito seja cassado ,porque quem bem sabe e vcs que faz parte da plb ,nao tem condissois de pagar vc esta transferindo os problema pessoais com muvuca para nao trabalha tropa de incompetentes tem ums que nao vale nei a metade do salario que ganha ,imagine essas pusentagen gordas, do jeito que vcs faz nao tem condisois de negociar com vc batendo na mesa do prefeito colocando o dedo na cara isto que eu chamo de bom costume , que coisa feia esta e a educação que vcs estão pregando direto para os que esta diforar acreditar mim popiiiiiiiiiiii ne querido .

Anônimo 3 de setembro de 2014 - 01:49

Sou professor. Não sou político,nem gosto de politicagem.Me desculpa mais dizer que em algum lugar do Brasil professor tá ganhando bem.KKKKKKK!!!Agora políticos sim ganham valores altíssimos,fazem miséria e ainda tem gente defendendo esses miseráveis.Sinceramente Itambé tem mesmo o que merece.Olhem para a cidade e vejam no que ela tá se tornando. Quando Ivan foi prefeito na outra gestão foi tão ruim quanto agora,e sempre culpou o gestor anterior,abram o olho,esse homem não sabe administra bosta de nada. Professores vamos à luta mesmo,esses políticos saem rapidinho e nós vamos ficar aqui sofrendo as consequências desse povo irresponsável…

Anônimo 2 de setembro de 2014 - 10:59

Os professores que aderiu esta greve tem dois pensamento, não conseguiu um trabalho ou uma posição melhor no governo ou é adversário ainda insatisfeito com a madeirada de Outubro de 2012,Itambé passa saber qual o valor do salario destes professores e depois vocês analisa com exceção são uma classe de pessoas que não Ama Itambé e nem respeita nossos filhos só pensa em arromba com os cofres públicos, mande uma banana para estes baderneiros, por traz testes tem o chefe políticos, que não ama Itambé e só que entra para dar continuidade no que o es não finalizou, acorda meu povo.

Anônimo 2 de setembro de 2014 - 05:13

Colle nada essa educação ta uma merda msm nessa cidade !! Meeu OvO pra todo mundo que não sabe resolver isso com uma booa conversa e sim quer fazer manifestações julgando e difamando p prefeito nas ruas com coisa que isso resolvera algo !!

Anônimo 2 de setembro de 2014 - 03:00

É MUITO FACIL JOGAR PEDRA QUANDO NÃO SE ACEITOU CONTRIBUIR PRA UMA EDUCAÇÃO MELHOR PRA NÃO PERDER A BOA VIDA DE LIBERADO DO SINDICATO PARECE QUE VOCE SE ESQUECEU LUCAS QUE ESTUDA EM CONQUISTA EM FACULDADE PARTICULAR ISSO PORQUE O PREFEITO NÃO PAGA OS PROFESSORES E AINDA FALA DO PREFEITO E DOS NETOS DELE. É PIADA….FAZ RIR KIKIKI

Anônimo 2 de setembro de 2014 - 02:50

Lucas não etá sabendo conduzir as negociações a sua braveza co o prefeito bera a falta de respeito e seus problemas pessoais vão prejudicar os educadores de itambé. A gente precisa separar a politicagem dele e de alguns adversarios que estão com ele do movimento em defessa de direitos

Anônimo 2 de setembro de 2014 - 01:46

Reginaldo puxa saco do prefeito. baba ovo.

Anônimo 2 de setembro de 2014 - 00:46

È simples ele não sabia o rombo que iria encontra deixado pelo o ex gestor superlotou a prefeitura de funcionários sem necessidade é som observar e ver o numero de professores que ele enquadrou sem estarem em sala de aula na época e agora veio o resultado será que a Aplb não analisou ainda?

Anônimo 1 de setembro de 2014 - 22:53

O prefeito que aí está deveria honrar com a sua obrigação , que é de pagar os direitos dos profissionais da Educação, que foi adquirido com muito esforço inclusive com o apoio dele quando não estava no poder .Agora fica fugindo de suas obrigações inventando mentiras sobre os profissionais, deixando a educação virar um caos e agora outras entidades também.Se não tem competência , renuncie já ao cargo antes que afunde nosso munícipio.

Anônimo 1 de setembro de 2014 - 21:47

Reginaldo devido a minha ignorância não consigo entender como é que o atual prefeito que tanto ajudou nas manifestações dos professores pelo plano de carreira e salários hoje não consegue nem honrar os seus compromissos com a categoria .Peça por favor ao nosso prefeito que explique aos cidadãos comuns, como é possível mudar tanto de atitudes e opiniões , após chegar ao PODER, essa explicação seria bom para a imagem dele como político, afinal de contas vivemos numa Democracia .

catarine silva santos 2 de setembro de 2014 - 03:28

Querido(A) vc nao percebe que essa manifestaçao e politicagem,o governo e transparente,mostrou que nao trm condiçoes de pagar as exigencias.Pare e olha que ta mandando na aplb…veja quem mais pega o microfone pra falar,quem anda emprestando carro e paredao de som,so um idiota pra nao perceber.
Itambe esta atrasado por causa dessa politicagem ou podemos chamar de dor de cutuvelo?
Por favor Itambe agora piblique esta nota.

Comentários estão fechados.

mais Postagens interessantes

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site. Ao clicar em "aceitar" assumiremos que você concorda com o uso que fazemos dos cookies. Concordo Clique AQUI e tenha mais informações

Política de Privacidade