Início Noticias Itambé: Mulher joga água fervendo em ex, que não a deixava em paz

Itambé: Mulher joga água fervendo em ex, que não a deixava em paz

Por Reginaldo Spínola

Um homem de 37 anos, morador do
Bairro Felipe Achy, deu entrada no Hospital São Sebastião, em Itambé, na tarde
do último sábado (04), com um quadro de queimaduras de terceiro grau, no rosto
e na região torácica.

O homem, que não teve o nome revelado,
registrou Boletim de Ocorrência na DT de Itambé e acusou sua ex-esposa de ter
jogado agua fervendo em seu rosto, durante uma discussão na residência da acusada,
localizada no Bairro Bela Vista.
A acusada, uma mulher de 22 anos,
que por quatro meses conviveu com a vítima, disse na delegacia que desde o mês
de dezembro de 2014, se separou da vítima e desde então ela vem sendo atormentada
por ele, inclusive com ameaças de surra. Segundo ela em depoimento a Polícia
Civil, chegou a um ponto que não deu mais para aguentar e acabou jogando no ex,
uma panela de água que estava fervendo, no momento da discussão.
O Delegado da Polícia de Itambé, Dr.
Marcio Alan está acompanhando o caso.
Itambeagora@gmail.com
6 Comentários

Related Articles

6 Comentários

Anônimo 14 de julho de 2015 - 17:38

tudo isso é falta de buscar a deus,se eles estivesem na igreja contrito ao deus vivo o casamento estaria de pé e abençoado mais na palavra do senhor jesus estar escrito que o meu povo sofre porque lhes falta conhecimento sabedoria em fim

Anônimo 9 de julho de 2015 - 13:59

Ele apronta com as mulheres ela separa depois ainda fica ameaçando

Anônimo 9 de julho de 2015 - 00:35

sei não mais quem procura acha pressiona um ser humano e vc vai ver quem ele é.

Anônimo 8 de julho de 2015 - 20:29

Verdade essa pessoa que relatou sobre o assunto tem razão, aconteceu ai mesmo em Itambé com meu primo ele pagou caro na cadeia mas graças a deus e está livre…

Anônimo 8 de julho de 2015 - 12:39

Sem julgar um ou outro, mas apesar das ameaças dele, a atitude não justifica. Vemos um explícito caso de desigualdade, já que se fosse o contrário o rapaz estaria preso, como já vimos em um outro caso num passado não tão distante. Sou mulher, mas certas coisas são cabíveis de mudança! As mulheres não querem direitos iguais, então que seja em todos os sentidos.

Anônimo 8 de julho de 2015 - 11:09

¨João¨ da Penha nela!

Comentários estão fechados.

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site. Ao clicar em "aceitar" assumiremos que você concorda com o uso que fazemos dos cookies. Aceitar

Política de privacidade e cookies