Início Noticias Situação se agrava e Itambé poderá entrar em colapso nos próximos dias por conta da seca no Rio Pardo

Situação se agrava e Itambé poderá entrar em colapso nos próximos dias por conta da seca no Rio Pardo

Por Reginaldo Spínola
A população de Itambé está
desesperada por conta da possibilidade de falta d’água nas torneiras por tempo
indeterminado, devido a maior seca da história, já enfrentado pelo Rio Pardo.
Esse drama, é vivido pelas cidades de Ribeirão do Largo, Encruzilhada, Cândido Sales e
outros municípios banhados pelo Rio Pardo.
O rio, que sempre foi símbolo de
abundância em águas em Itambé, está secando. Já não há mais águas suficiente para
abastecer a população e o racionamento, que antes não tinha sido cogitado pela
Embasa, agora, se tornou inevitável.  
Uma contenção de sacos de argila e cimento foi feita nas proximidades da estação de captação de água, cortando o rio, mas o esforço foi em vão e a água não se acumula. Para abastecer a cidade por um dia, são necessários 18 hora contínuas de bombeamento de água. A Embasa está controlando a distribuição de água na cidade com desligamento programado, para que o fluxo de água se acumule para que a bomba consiga puxar.
O prefeito Ivan Fernandes, que acompanha
de perto a situação, disponibilizou maquina da prefeitura para a limpeza do rio,
para tentar conseguir acumular o máximo de água possível, para que a bomba
consiga puxar para a estação de tratamento da Embasa. Mas a vazão do rio diminui
a cada dia. O Bairro Felipe Achy, parte mais alta da cidade está sofrendo mais
que os demais bairros. A prefeitura está dando suporte com o caminhão pipa,
levando água para a população daquela localidade.
Se a chuva não cair nos próximos
dias, com certeza a suspensão de água será por tempo indeterminado e a cidade
entrará em colapso total, sem água nas torneiras, sequer para as necessidades mínimas
da população.

Fotos Itambeagora
Itambeagora@gmail.com
10 Comentários

Related Articles

10 Comentários

Ailton Silva 12 de outubro de 2015 - 18:11

MORO ITAMBE MAIS TOU EM BELORISONTI TRABALHANO SEI COMO TA SENO DIFICIL SE AGUA VAMOS HORA MEUS IRMAOS PEDI PRA JESUS MANDA AGUA PRA TODOS NOIS HORI COM FE JESUS IRA RECOMPENSALA

nao sou filho de itambe mas amo itambe 12 de outubro de 2015 - 14:34

a realidade e que muitas autoridades fecharam olhos para fazer de conta que nao estavam vendo, nao falo so desse governo como tambem de outros, falta campanha de consientizaçao para a populaçao entender que cada arvore que se corta nao importando onde seja vai fazer falta mais na frente e tambem solicitar do ibama que so vem na cidade para apreender passaros que sao caros para assim ficarem para eles, se muitos nao sabem tem casa de funcionarios do ibama que e cheia de passaros silvestres em cativeiro e enquanto issso as queimadas sem controle so faz aumentar dentro das fazendas na regiao, ja vi que a lei so serve para nos fracos enquanto isso fazendeiros que nao podem cortar as matas colocam fogo nas mesma com a simples desculpa que nao sabem que colocou o mesmo fogo nas matas que a cada ano diminui numa velocidade que nao damos conta de recuperar….
espero poder concientizar varias pessoas…. vamos plantar arvores esse e o jeito de nossas geraçoes futuras nao passar por issso

ronny 11 de outubro de 2015 - 21:11

moro em São Paulo mais sou Itambeense e a situação é grave mesmo,to torcendo para que a situação se reverta logo,que Deus o abençoe todos ai.

Jailson Costa 11 de outubro de 2015 - 17:11

Que pena ver o rio pardo dessa forma. Pois meu pai era pescador muito triste essa situação

Anônimo 11 de outubro de 2015 - 15:59

Deus tem misericórdia de TDs nós e ele sabe o merecer da população de Itambé ele sabe oq vai fazer

Ailton Silva 12 de outubro de 2015 - 18:04

AILTON SILVA moro em itambe a 7 anos mais nao tou la tou trabalhando e belorisonte tenho familha la e filho e amigos sei como ta sendo dificil para elis com esa falta de agua junti e fasa uma corenti de fe meus irmaos entrega pra jesus de corpo e alma tenha fe que jesus entrara com providecia TENHA FE

Ailton Silva 12 de outubro de 2015 - 18:06

AILTON SILVA moro em itambe a 7 anos mais nao tou la tou trabalhando e belorisonte tenho familha la e filho e amigos sei como ta sendo dificil para elis com esa falta de agua junti e fasa uma corenti de fe meus irmaos entrega pra jesus de corpo e alma tenha fe que jesus entrara com providecia TENHA FE

Anônimo 15 de outubro de 2015 - 20:17

AILTON SILVA

Só não precisava assassinar o português, pode utilizar o corretor ortográfico ou volta para escola!

Anônimo 11 de outubro de 2015 - 11:46

Na realidade um dia isso acabaria acontecendo, existe muito desmatamento, principalmente na região de Itambé, as autoridades tem q impor o plantiu de arvores as margens do rio pois todos são beneficiados pelas aguas do rio pardo. Embora isso teria q partir da senhora Embasa, pois pagamos altos preços pela água. Se nós não pagarmos ela (Embasa) vem e corta o fornecimento, a natureza está fazendo o mesmo… "Não nim cuidou vou cortar".
Que o Senhor Jesus tenha misericórdia de nós.
Que apos isso as pessoas repensem!…

Anônimo 11 de outubro de 2015 - 19:13

Verdade…

Comentários estão fechados.

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site. Ao clicar em "aceitar" assumiremos que você concorda com o uso que fazemos dos cookies. Aceitar

Política de privacidade e cookies