Início Noticias Bahia: Guarda municipal é afastado após vídeo de agressão em UPA circular na internet

Bahia: Guarda municipal é afastado após vídeo de agressão em UPA circular na internet

Por Reginaldo Spínola
Um guarda municipal de Luís
Eduardo Magalhães, município no oeste da Bahia, foi afastado pela prefeitura da
cidade, depois que um vídeo em que ele agredia um homem em frente a uma UPA, foi
divulgado na internet. 
A agressão aconteceu na noite de
quarta-feira (10) e foi registrada por um amigo da vítima. No vídeo, é possível
ver a vítima questionando se o guarda não iria ajudar a socorrer a pessoa que
ela acompanhava.
A resposta do funcionário é de
que ele não ajudaria porque não era pago para isso. Em outro momento, o rapaz
pede para o amigo focar na imagem do guarda. “Filma lá a cara dele. Desse p**
no c*”, gritou no vídeo. Após a ofensa, o agente dá um tapa no rosto da vítima
e a imobiliza no chão. Nesse momento, é possível ouvir o guarda pedindo o rapaz
para ficar “quietinho”. Segundo informações da Secretaria de Saúde de Luís
Eduardo Magalhães, o homem teria sido agredido após insultar repetidamente o
guarda.
Ainda de acordo com a Secretaria
de Saúde, a vítima esperava o atendimento de uma terceira pessoa, que estava
passando mal devido ao excesso de álcool. O caso foi encaminhado para a
delegacia da cidade. Todos foram ouvidos e liberados ainda na quarta-feira. Em
nota, a prefeitura de Luís Eduardo Magalhães lamentou o ocorrido e repudiou a
atitude do guarda municipal. Foi informado ainda que a Secretaria de Segurança,
Ordem Pública e Trânsito, já requereu a instalação de processo administrativo
para apurar o acontecido e tomar as medidas legais cabíveis. Assista:
Itambeagora@gmail.com
1 Comentário

Related Articles

1 Comentário

Anônimo 14 de novembro de 2015 - 17:49

isso que o segurança fez está totalmente errado mais tem hora que o povo que chega nas unidades de saúde para serem atendido disrrespeitam tanto os foncionários que tem uns que não aguentam a falta de respeito que acaba saíndo do sério e parte para agressão não é porque lidamos com o público que somos obrigado a receber palavrões dos acompanhantes agora ele errou feio porque mesmo ele não sendo pago para ajudar os pacientes mais pelo omenos ajudar a tirar do carro isso não ia tirar pedaço dele e nem tão pouco tirar a moral de segurança essa é minha opinião

Comentários estão fechados.

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site. Ao clicar em "aceitar" assumiremos que você concorda com o uso que fazemos dos cookies. Aceitar

Política de privacidade e cookies