Início Brasil Escolas tem até sexta, 18 para aderir aos programas Mais Educação e Ensino Médio Inovador

Escolas tem até sexta, 18 para aderir aos programas Mais Educação e Ensino Médio Inovador

Por Reginaldo Spínola

itambeagora

As escolas da rede estadual têm até esta sexta-feira (18) para aderir aos programas Mais Educação (PME) e Ensino Médio Inovador (ProEMI), que atendem aos estudantes do Ensino Fundamental e do Ensino Médio. Para isso, as unidades devem preencher os dados, por meio da ferramenta PDDE Interativo, no site: http://pddeinterativo.mec.gov.br/

Os pro­gramas visam à am­pli­ação dos tempos e es­paços de apren­di­zagem dos es­tu­dantes nas es­colas es­ta­duais. A pre­visão para 2017 é a de que 500 uni­dades es­co­lares da rede es­ta­dual par­ti­cipem do En­sino Médio Ino­vador e 700 do pro­grama Mais Edu­cação.

De acordo com Rowenna Brito, co­or­de­na­dora da Edu­cação In­te­gral da Se­cre­taria da Edu­cação do Es­tado, as es­colas que já per­ten­ciam aos pro­gramas devem fazer o mesmo pro­ce­di­mento para atu­a­lizar os dados ca­das­trais no sis­tema. “É fun­da­mental que a es­cola pre­encha todas as in­for­ma­ções para que tenha acesso ao re­curso do pro­grama. Com estes pro­gramas, a Se­cre­taria fo­menta a Edu­cação In­te­gral na rede es­ta­dual”, acres­centa.

Pro­grama Mais Edu­cação

É um pro­grama do Go­verno Fe­deral in­dutor da Edu­cação In­te­gral. O ob­je­tivo é ga­rantir atenção e de­sen­vol­vi­mento in­te­gral às cri­anças, aos ado­les­centes e jo­vens, por meio da am­pli­ação de tempos, es­paços e opor­tu­ni­dades edu­ca­tivas que qua­li­fi­quem o pro­cesso edu­ca­ci­onal e me­lhorem o apren­di­zado dos alunos.

Pro­grama En­sino Médio Ino­vador

Tem a fi­na­li­dade de es­ti­mular nas es­colas pú­blicas es­ta­duais a busca de novas so­lu­ções para me­lhorar a qua­li­dade da edu­cação, dando ên­fase à re­es­tru­tu­ração do cur­rí­culo a partir das di­men­sões Ci­ência, Tec­no­logia, Tra­balho e Cul­tura, através de ati­vi­dades teó­ricas e prá­ticas, pro­mo­vendo, assim, im­pactos e trans­for­ma­ções na su­pe­ração das de­si­gual­dades; a uni­ver­sa­li­zação do acesso e per­ma­nência dos ado­les­centes de 15 a 17 anos no En­sino Médio; a con­so­li­dação da iden­ti­dade edu­ca­ci­onal desta etapa; a oferta de opor­tu­ni­dades para apren­di­za­gens sig­ni­fi­ca­tivas para jo­vens e adultos; e o re­co­nhe­ci­mento e pri­o­ri­zação da in­ter­lo­cução com as cul­turas ju­venis.

(ASCOM Secretaria da Educação do Estado da Bahia)

Itambeagora@gmail.com
0 Comentário

Related Articles

Deixe um comentário

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site. Ao clicar em "aceitar" assumiremos que você concorda com o uso que fazemos dos cookies. Aceitar

Política de privacidade e cookies