Início Educação Prefeito Eduardo Gama chama Sindicatos para diálogo

Prefeito Eduardo Gama chama Sindicatos para diálogo

Por Reginaldo Spínola
9 Comentários

O prefeito municipal de Itambé, Eduardo Gama, convocou na tarde da última sexta-feira (27) uma reunião com os representantes do Departamento Jurídico da APLB Sindicato e do Sindicato Intermunicipal dos Servidores Públicos (SINDITATIBA).

A finalidade do encontro foi ouvir os representantes das categorias e esclarecer alguns pontos do Projeto de Lei Complementar Nº 001/2017 e Projeto de Lei Nº 003/2017, que propõem entre outras mudanças, alterações no Regime Jurídico Único, mas que não tiveram, no entanto o entendimento esperado pelos servidores e por parte da sociedade.

Após uma conversa serena e completamente baseada no respeito que o Poder Público Municipal tem sobre a classe servidora, o prefeito e os representantes dos Sindicatos deixaram confirmado que, em um curto prazo, será definida uma data para que Eduardo Gama, através de Assembleia convocada pelas instituições representativas, esteja, não apenas apresentando as mudanças propostas pelo Executivo, como também explicando e alterando, se preciso for, os pontos que não ficaram claros nos Projetos indicados. Para o prefeito, a prioridade nesta Assembleia será ouvir toda a categoria no que diz respeito às suas dúvidas e seus anseios.

Durante a reunião, Eduardo esclareceu que, diante das dívidas exorbitantes herdadas do passado, da completa falta de organização encontrada no Sistema Administrativo do Município e também ciente das suas obrigações perante a sociedade como um todo, não teve intenção alguma de prejudicar os servidores com as mudanças propostas. “Os direitos dos servidores são prioridades e sempre serão respeitados por este governo”, ressaltou o prefeito, explicando que o intuito da Prefeitura foi buscar saídas para resolver problemas financeiros históricos que em pouco tempo poderão levar o município a uma situação extrema de desequilíbrio fiscal, o que infelizmente poderá penalizar uma população inteira.

O diretor da APLB Sindicato, Lucas Oliveira, considerou a reunião bastante produtiva, já que o prefeito sinalizou de imediato que não terá mais a prioridade de encaminhar os Projetos sem a avaliação prévia entre os Jurídicos dos Sindicatos e do Município, como também sem antes abrir as discussões com a categoria. “A intenção clara do prefeito é chamar os servidores e tentar esclarecer as informações o máximo possível para todos chegarem a uma solução que agrade ambas as partes”, destacou o diretor.

Também satisfeito com o resultado da reunião convocada pelo prefeito,  o diretor do SINDITATIBA, José Eduardo Vieira, destacou a importância desse contato aberto entre os representantes de classe e o Governo. “Nesse encontro, chegamos a um entendimento e o prefeito demonstrou compromisso com os servidores e um enorme interesse em dialogar com a categoria”, reafirmou.

Além do prefeito, Eduardo Gama, do diretor da APLB Sindicato, Lucas Oliveira, e do diretor do SINDITATIBA, José Eduardo, a reunião também contou com a presença do presidente da Câmara Municipal, Sinvaldo Abreu (Ceçula); da secretária de Educação, Alecciene Gusmão; do assessor municipal, Alex Amorim; dos assessores jurídicos da Prefeitura, Javan Senna e Kaio Brito; do assessor jurídico da APLB Sindicato, Tadeu Cincurá; além da professora Itana Mara Freitas, representando os professores; da assessora Larissa Assunção e do advogado Alexandre Xandó.

(Nicolaia Carneiro – Ascom/PMI)

Itambeagora@gmail.com
9 Comentários
0

Deixe um comentário

Ao utilizar este formulário concorda com o armazenamento e tratamento dos seus dados por este site.

9 Comentários

Anônimo 29 de janeiro de 2017 - 22:22

Gente,passe na porta da prefeitura e veja tantos carros com placas de fora,será que aquele povo todo é funcionário da prefeiturma. .? Prefeito corta as despesas com tantos cargos comissionados que vai sobrar para o agarrar os funcionários efetivos.E povo que puxaramo o saco está sem emprego .o povo de conquista foi contemplado com empregos aqui,será que são eleitores?

Resposta
Pague Dezembro 29 de janeiro de 2017 - 11:04

Pelegos, olhem a forma em que tratam o atual prefeito. Com Ivan eram gritos nas ruas de “Sabe de nada inconpetente”. Com Eduardo agora é Du du du du, Pá!

Resposta
Anônimo 28 de janeiro de 2017 - 21:59

O prefeito mandou um projeto que o sindicato nem sabia , vamos agradecer a nota que o Vereador soltou,se não fosse isso não ficaríamos sabendo ou quando ficássemos já seria tarde.Não sei onde está o respeito do prefeito para com os funcionários. ..Me poupe de tanto puxa saquismo. E o dinheiro da repatriação ninguém explica Onde e em que conta foi parar.

Resposta
Anônimo 28 de janeiro de 2017 - 21:23

E Complicado o prefeito pagar dezembro e férias do outro gestor pois contratoi tantos advogados que somando os salários deles daria pra pagar os funcionários que estão.Sem.receber seus salarios será prefeito que vc precisa de tanto advogado assim isso chegar. Ser ridículo diante das situaçõe financeira que estamos passando tenha consciência.paque os. Servidores

Resposta
Anônimo 28 de janeiro de 2017 - 17:13

teve aumento salarial de prefeito e vereadores foi de quanto.

Resposta
Anônimo 28 de janeiro de 2017 - 13:45

Queria saber desses dois representantes de sindicatos se eles conversaram com o prefeito sobre o salário de dezembro e férias de servidores atrazados e do salário de janeiro e aí o que vai ser feito estamos sem pagar nossas. Dúvidas todo esse tempo é ninguém faz nada pra resolver a situação tanto advogado de um lado e do outro e nos funcionários passando dificuldades financeiras alguém faça alguma coisa gente

Resposta
João 28 de janeiro de 2017 - 11:48

Na gestão anterior quando a APL B estava na rua reivindicando seus direitos os (im)competentes funcionários do prefeito colocavam paredão de som pra abafar a voz do líder sindical nas sessões da câmara quando entrava em pauta algo que contraria a então vereadora e presidente da câmara e primeira dama simplesmente mandava os funcionários desligar os microfones só de vc Eduardo voltar da sua viagem e ouvir e mostrar o que é verdade e o que é alarmismo politiqueiro já me deixa aliviada em saber que dei meu voto pra uma pessoa preparada pra ver pra ser prefeito Parabéns

Resposta
João 28 de janeiro de 2017 - 11:58

*ALIVIADO

Resposta
Anônimo 29 de janeiro de 2017 - 13:00

Depois dessa surpresa pela qual o povo está passando é o minimo que um prefeito prudente deve fazer, ouvindo os representantes dos dois sindicatos e vendo como deve fazer para não prejudicar a classe trabalhista. É o que esperamos do prefeito Eduardo.

Resposta

mais Postagens interessantes

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site. Ao clicar em "aceitar" assumiremos que você concorda com o uso que fazemos dos cookies. Concordo Clique AQUI e tenha mais informações

Política de Privacidade