Início Brasil Médico do Samu abre tórax de jovem baleado e massageia coração com a mão

Médico do Samu abre tórax de jovem baleado e massageia coração com a mão

Por Reginaldo Spínola
0 Comentário

Nilton Gomes Farias, 20 anos, foi baleado no fim da tarde da última quarta-feira (02), no bairro Jardim Esmeralda, em Várzea Grande. O homem estava em sua residência, quando o criminoso chegou, o chamou pelo nome e efetuou os disparos. Os profissionais do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) tiveram que abrir o tórax da vítima e massagear o coração de forma manual até a chegada ao hospital.

Narra o boletim de ocorrências (BO) que testemunhas acionaram a polícia após ouvir disparos de arma de fogo no referido bairro. Quando os militares chegaram, encontraram a vítima caída em uma rua. O homem relatou que o criminoso chegou em sua residência, o chamou pelo nome e depois começou a atirar contra ele.

Na sequência, o criminoso fugiu do local e a vítima também tentou correr, até cair metros a frete. Uma unidade do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada e prestou o atendimento. Depois, o homem foi transferido para o Pronto-Socorro Municipal de Várzea Grande (PSMVG).

O médico do Samu teve que abrir o tórax da vítima para massagear o seu coração de forma manual para que desse tempo de chegar até a unidade de saúde. O homem chegou com vida ao PMSVG, mas o estado era considerado grave.

Uma viatura escoltou da PM escoltou o veículo do Samu ultrapassando sinais vermelhos e trafegando, inclusive, pelo lado direito da pista, na tentativa de chegar o mais rápido possível ao hospital para que o homem fosse atendido. O caso é investigado pela Polícia Judiciária Civil (PJC). // Olhar Direto-foto ilustrativa

Itambeagora@gmail.com
0 Comentário
0

mais Postagens interessantes

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site. Ao clicar em "aceitar" assumiremos que você concorda com o uso que fazemos dos cookies. Concordo Clique AQUI e tenha mais informações

Política de Privacidade