Página Inicial / Brasil / Pai mata a filha de 27 anos por esganadura por causa de valor de pensão

Pai mata a filha de 27 anos por esganadura por causa de valor de pensão

Compartilhe em sua Rede Social

 

Aline Miotto Nadolny, 27 anos, foi encontrada morta em um matagal em Piraquara, região metropolitana de Curitiba, no último dia 6. Segundo o delegado que investiga o caso, Reinaldo Zequinão, a terapeuta ocupacional foi assassinada pelo próprio pai, que agiu em um momento de “ataque de raiva”. O motivo seria uma briga sobre o valor da pensão da irmã mais nova da vítima.

“A motivação seria um desacordo que ele mantinha com a mãe da vítima sobre o valor de uma pensão de uma irmã menor da vítima. Ele foi atrás dela para que ela intermediasse uma redução dessa pensão”, disse o delegado ao G1.

Aline teria se recusado a entrar na briga dos pais. “Em razão disso, ele teve um rompante de ódio e partiu para cima dela”, afirmou.

O acusado Luiz Carlos Naldony está preso preventivamente. Ele prestou depoimento e confessou o crime. “Já no primeiro momento que o pessoal da investigação o abordou, ele já confessou. Admitiu a participação no crime, na autoria do crime. No interrogatório formal, também confessou”, contou o delegado.

De acordo com exames do Instituto Médico Legal (IML), a jovem foi morta por esganadura. O delegado disse ainda que Luiz Carlos se mostrou arrependido.

Sobre Reginaldo Spínola

Postagem em destaque

DPT é acionado para periciar feto de 6 meses dentro de residência em Itambé

Compartilhe em sua Rede Social  Por volta de 10:00h de hoje, (20), a Guarda Municipal …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.