Início Brasil Sergio Moro pede demissão e não é mais ministro da Justiça

Sergio Moro pede demissão e não é mais ministro da Justiça

Por Reginaldo Spínola

O casamento entre o presidente Jair Bolsonaro e o ministro Sergio Moro chegou ao fim nesta sexta-feira (24). O agora ex-ministro anunciou em entrevista coletiva que está deixando o cargo depois de um ano e três meses. Moro era um dos pilares do governo.

O ex-juiz federal, responsável pelos julgamentos de primeira instância da Operação Lava-Jato, assumiu o cargo em janeiro de 2019. Meses antes, ele havia se reunido com Bolsonaro e ouvido do então eleito presidente o convite para assumir o ministério.

Sergio Moro aceitou e teria feito apenas o pedido de que, caso algo acontecesse com ele, sua família não ficasse desamparada sem uma pensão. Bolsonaro aceitou o pedido e ele foi empossado junto com os demais ministros da época.

Nesta sexta-feira, o casamento, palavra que o presidente costuma usar para falar sobre a relação com os ministros, chegou ao fim. Moro concedeu uma entrevista coletiva de cerca de 40 minutos e falou sobre muitos assuntos. Desde os primeiros minutos, o tom de Moro era de quem estava de saída.

Por Agência Brasil
Itambeagora@gmail.com

Deixe um comentário

mais Postagens interessantes

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site. Ao clicar em "aceitar" assumiremos que você concorda com o uso que fazemos dos cookies. Concordo Clique AQUI e tenha mais informações

Política de Privacidade