Início Bahia Canavieira: Ex-escrevente de cartório é condenada por corrupção e falsificação de documentos

Canavieira: Ex-escrevente de cartório é condenada por corrupção e falsificação de documentos

Por Reginaldo Spínola

Uma ex-escrevente, identificada como Alexandra Campos Vasconcelos, do Cartório do Tabelionato de Notas de Canavieiras foi condenada por corrupção e falsificação de documentos enquanto trabalhou no estabelecimento. A publicação da sentença saiu na última quinta-feira (03), pela juíza Karina Silva de Araújo, por conta de uma denúncia apresentada pelo Ministério Público Estadual (MPE).

Em janeiro de 2019, durante a ‘Operação Domus’, em Canavieiras, foram cumpridos mandados de prisão temporária e busca e apreensão, quando a ela foi flagrada em sua residência com documentos públicos, a exemplo de

escrituras e folhas soltas de livros de cartórios com matrículas de imóveis.

No documento, a promotora de Justiça Mayanna Ferreira Ribeiro apontou que Alexandra cometeu os crimes de falsificação de documento público, falsidade ideológica, supressão de documento, peculato e corrupção passiva e, por isso, deverá cumprir a nove anos e oito meses de prisão em regime inicial fechado.

Ainda segundo as investigações, a denunciada cobrou por pagamento de tributos gerados pela transmissão de imóveis, mas não recolheu os impostos e taxas aos cofres públicos, apropriando-se dos valores; inseriu em documento público dados falsos, fazendo constar em escritura anotações relativas a livro, folha, ordem e protocolo de imóvel diverso do constante do livro de escrituras. Para providenciar algumas escrituras, ela recebeu para si vantagem financeira indevida.

Na sentença, a juíza registra que, durante a fase preliminar, que a condenada confessou várias práticas delituosas, afirmando que desde o ano de 2013 inseria informações falsas em documentos públicos.

Itambeagora@gmail.com
0 Comentário

Related Articles

Deixe um comentário

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site. Ao clicar em "aceitar" assumiremos que você concorda com o uso que fazemos dos cookies. Aceitar

Política de privacidade e cookies