Início Brasil Vídeo: Lázaro Barbosa é morto pela polícia após 20 dias de busca

Vídeo: Lázaro Barbosa é morto pela polícia após 20 dias de busca

Por Reginaldo Spínola

Após 20 dias de buscas, Lázaro Barbosa de Sousa, 32, suspeito de matar uma família no Distrito Federal e de outros crimes também em Goiás, foi morto na manhã de hoje em uma ação policial em Águas Lindas de Goiás (GO). A morte foi confirmada pela Polícia Civil. Fotos do corpo de Lázaro indicam que ele foi atingido por mais de dez tiros da cintura para cima, incluindo a cabeça.

O secretário de Segurança Pública de Goiás, Rodney Miranda, disse que houve confronto entre policiais e Lázaro e que o fugitivo “descarregou a pistola” contra os agentes. “Não tivemos outra alternativa a não ser revidar”, afirmou. Segundo ele, nenhum policial ficou ferido na ação. Miranda disse que Lázaro “foi socorrido com vida” ao Hospital Bom Jesus.

Um vídeo feito logo após a captura (veja acima) mostra policiais colocando Lázaro em uma ambulância e comemorando a operação. Pelas imagens não é possível saber se ele ainda estava com vida.

Miranda afirmou ainda que Lázaro foi encontrado com R$ 4.400 no bolso, o que, segundo ele, reforça a ideia de que ele estaria recebendo alguma ajuda.

“Há informação de que ele atuava como jagunço e segurança de algumas pessoas”, completou. Pela manhã, antes da morte, a ex-companheira de Lázaro foi levada à polícia.

“Ontem à noite nós descobrimos que ele tinha procurado parentes na periferia de Águas Lindas de Goiás. Temos filmagens. Ele estava armado. Ele foi para o mato, fizemos o cerco. Ele tentou fugir e confrontou com a equipe do major Edson”, disse Miranda em entrevista a jornalistas. O corpo será levado para o IML (Instituto Médico Legal) de Goiânia onde passará por uma autópsia para identificar a causa da morte.

 

Itambeagora@gmail.com

Deixe um comentário

mais Postagens interessantes

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site. Ao clicar em "aceitar" assumiremos que você concorda com o uso que fazemos dos cookies. Concordo Clique AQUI e tenha mais informações

Política de Privacidade