Início Bahia Movimento Café Com Poemas, promovido pelo Grupo Artes Cênicas celebra a poesia presente na Semana de Arte Moderna

Movimento Café Com Poemas, promovido pelo Grupo Artes Cênicas celebra a poesia presente na Semana de Arte Moderna

Por Reginaldo Spínola

Com o objetivo de reunir poetas e valorizar a arte da produção literária, o Movimento Café com Poemas traz a proposta de fortalecer o movimento, oportunizar e descobrir novos talentos. Desde 2019 devido ao novo formato de Coletivo Cultural adotado pelo Grupo Artes Cênicas o evento resultou numa evocação poética, transformando sempre em poesia, e poesia com essência, de múltiplos significados e apreciações, salientou o diretor-presidente, Matheus Cerqueira.

Comemorado em 14 de março o dia nacional da poesia, o Grupo realizou no último sábado (26) na Escola Municipal Dr. Aparício do Couto Moreira a 3ª. edição do Movimento Café com Poemas.

Matheus Cerqueira assina a dramaturgia, direção artística, pesquisa e seleção dos poemas recitados na semana de 22.

Nesta edição, coube ao Profº. José Souza ser o facilitador do workshop para preparação do elenco, quanto ao Mediador coube ao também Profº. Manoel Dias. Dentre os professores da rede municipal e estadual que se fizeram presentes e assumiram a função de conversadores destacam: Sirbene Paixão, Célia Regina, Maruzana Gusmão, Dori dos Anjos, Fabrícia Gusmão, Elis Ney Pimentel, o presidente da APLB Sindicato, Lucas Oliveira e a pedagoga Náira Gomes. O público se fez presente, em destaque: a professora Cíntia Gusmão, o advogado Leonardo Meira e a vereadora Andréia Dutra.

“Um passeio pela Semana de Arte Moderna” foi o tema desta edição que homenageou o Centenário da Semana de Arte Moderna. Na oportunidade algumas datas comemorativas foram lembradas: Dia Mundial do Teatro (comemorado em 27 de março); 100 Anos das Primeiras Transmissões do Rádio e uma homenagem ao escritor português José Saramago que faz 100 anos, único escritor em língua portuguesa a ser agraciado com o Nobel de Literatura.

Poemas, poetas e declamadores:

l. “Os Sapos” – MANUEL BANDEIRA por Uellynton Richard.

ll. “Paz Universal” – TÁCITO DE ALMEIDA por Éllen Barbosa.

III. “O Trem” – LUÍS ARANHA por Geovanne José.

  1. “Covardia” – SÉRGIO MILLIET por Rute Machado.
  2. “A Um Adolescente” – RONALD DE CARVALHO por Víttor Gabriel Britto.
  3. “Tênis” – GUILHERME DE ALMEIDA por Haylla Souza.

VII. “Canto de Regresso à Pátria” – OSWALD DE ANDRADE por Jhordan Britto.

VIII. “A Rua” – CASSIANO RICARDO por Geovanna Britto.

  1. “Do Outono e do Silêncio” – ÁLVARO MOREYRA por Gisele Carvalho.
  2. “Garoa” – AFONSO SCHMIDT por Ana Paula Rocha.
  3. “O Poeta Come Amendoim” –

MÁRIO DE ANDRADE por Rafael Martins.

XII. “Pássaro de Aço” – AGENOR BARBOSA por Maria Eduarda Leal.

Poetas residentes também foram convidados e recitaram poemas autorais:

  • “Doce Olhar”, por Adriano Gusmão
  • “Caixão”, por Felipe Ferraz
  • “Conhecendo Itambé”, por Rielson Machado
  • “Estacionados”, por Zéduardo Gomes

Além da poesia, teatro e música, a culinária foi uma das linguagens artísticas que integraram o evento. Preparado pela madrinha do Grupo Yêsa Jardim os convidados puderam saborear um café todo especial. Marilane Ferraz, Sônia Morais e Fabrícia Brito recepcionaram os convidados num ambiente semelhante ao Café Teatro.

Prezamos pela união, inclusão, debate, respeito e fortalecimento sociocultural a todos os nossos CULTIVADORES (Gabriel Labouré, Lucidalva Santos, Romilda Conceição e Josué Chaves).

Matheus Cerqueira, o diretor geral, faz a seguinte reflexão acerta do evento “A poesia (como mensagem) será sempre a nossa mais bela ferramenta de lapidação”. Até a próxima edição em 2023.

Galeria de fotos:

Compartilhe esse post com seus amigos

Deixe um comentário

mais Postagens interessantes

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site. Ao clicar em "aceitar" assumiremos que você concorda com o uso que fazemos dos cookies. Concordo Clique AQUI e tenha mais informações

Política de Privacidade