Início Bahia Fórum Brasileiro de Segurança Pública coloca cidade do sul da BA como terceira cidade mais violenta do Brasil

Fórum Brasileiro de Segurança Pública coloca cidade do sul da BA como terceira cidade mais violenta do Brasil

Por Reginaldo Spínola

A cidade de Aurelino Leal, no sul da Bahia, é a terceira cidade mais violenta do Brasil, segundo o Anuário Brasileiro de Segurança Pública, divulgado pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública nesta terça-feira (28).

De acordo a pesquisa, compõe o ranking das cidades mais violentas do país as que têm a média móvel de mortes superior a 100 homicídios para cada 100 mil habitantes entre 2019 e 2021. No início desse mês, um corpo de um advogado foi encontrado carbonizado dentro de um veículo na cidade.

Em 2021, como mostrou o Anuário de Segurança Pública, o Brasil teve o menor número de homicídios dos últimos dez anos. A taxa de assassinatos, porém, ainda é de 130 por dia.

Para o diretor-presidente do Fórum, o sociólogo Renato Sérgio de Lima, a redução da violência no país é positiva, mas insuficiente para reduzir o nível de violência nos pequenos municípios. “A gente percebe que a redução da violência no Brasil é positiva, mas insuficiente para reduzir o nível de violência nesses pequenos municípios. Há um quadro bastante preocupante de medo, insegurança e violência”.

No total, 30 municípios brasileiros registraram média móvel superior a 100 homicídios para cada 100 mil habitantes entre 2019 e 2021. A cidade mais violenta do país no período foi São João do Jaguaribe (CE), seguida por Jacareacanga (PA), Aurelino Leal (BA), Santa Luzia D’Oeste (RO), São Felipe D’Oeste (RO) e Floresta do Araguaia (PA).

De acordo com a pesquisa, das 30 cidades com mais mortes violentas no país, cinco estão na Bahia: Aurelino Leal, Jussari, Itaju do Colônia, Wenceslau Guimarães e Santa Cruz Cabrália.

Obviamente, megalópoles como Salvador, Feira de Santana, Itabuna, Ilhéus e Vitória da Conquista apresentam índices superiores de homicídios e crimes violentos em geral, mas suas respectivas populações são consideravelmente maiores que as das cidades citadas acima. Como o estudo avalia k índice de crimes relacionado à média populacional, cidades de menor porte acabam ganhando destaque negativo nesse modo de mensurar.

Compartilhe esse post com seus amigos

Deixe um comentário

mais Postagens interessantes

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site. Ao clicar em "aceitar" assumiremos que você concorda com o uso que fazemos dos cookies. Concordo Clique AQUI e tenha mais informações

Política de Privacidade