Início Bahia Adolescente confessa ter matado empresário no interior da BA

Adolescente confessa ter matado empresário no interior da BA

Por Reginaldo Spínola

Um adolescente de 17 anos é o suspeito de matar o empresário Israel Quirino dos Santos, 50 anos, em Eunápolis, no extremo sul da Bahia. Ele se apresentou à polícia nesta segunda-feira (14), acompanhado de um advogado e confessou o crime, conforme informações da Polícia Civil.

O corpo da vítima foi encontrado dentro do próprio estabelecimento, na madrugada do domingo (13). No entanto, de acordo com a polícia, o crime teria ocorrido no sábado (12).

O suspeito foi identificado pelos investigadores, após análise de imagens transmitidas pela vítima por meio de vídeo chamada com a esposa. Segundo o coordenador da 23ª (Coorpin/Eunápolis), delegado Moisés Damasceno, o assassinato ocorreu durante uma discussão.

“Ele é ex-funcionário da vítima e informou que foi ao local cobrar um valor que o empresário lhe devia, quando usou uma marreta que encontrou no local”, detalhou o delegado.

O inquérito policial será concluído e remetido ao Ministério Público Estadual (MP-BA), para embasar a representação pelo ato infracional, perante a Vara da Infância e Juventude da Comarca de Eunápolis.

Empresário é achado morto dentro de estabelecimento na Bahia — Foto: Reprodução/Redes Sociais

Vítima era ameaçada

Os familiares do empresário afirmaram que ele sofria ameaças de um ex-funcionário por uma suposta dívida trabalhista. Após a perícia, foi constatado que o empresário morreu de traumatismo craniano, depois de sofrer pancadas na cabeça.

O Departamento de Polícia Técnica (DPT) realizou a perícia no local e apreendeu objetos que ajudaram na apuração do caso, que é investigado pela delegacia de Eunápolis.

Familiares encontraram corpo na empresa

Israel Quirino dos Santos estava à frente de uma empresa de comunicação visual localizada na Rua Ivan Moura, no bairro Dinah Borges, em Eunápolis. No local são prestados serviços como personalização de tapetes, toldos e portões. Por volta das 23h30, vizinhos ouviram uma discussão seguida de gritos no local.

O corpo da vítima foi encontrado por familiares cerca de quatro horas depois. Os parentes foram até a empresa depois de estranharem sua ausência em um compromisso que tinha com as filhas.

O empresário deixou esposa e três filhas de 16, 20 e 24 anos.

O corpo foi liberado do Instituto Médico Legal (IML) no domingo e o enterro está marcado para a tarde desta segunda, no Cemitério Jardim da Saudade, no bairro Juca Rosa.

g1

Compartilhe esse post com seus amigos

Deixe um comentário

mais Postagens interessantes

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site. Ao clicar em "aceitar" assumiremos que você concorda com o uso que fazemos dos cookies. Concordo Clique AQUI e tenha mais informações

Política de Privacidade